icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/08/2015
13:28

O Catania foi julgado por manipulação de resultados durante a temporada passada e foi condenado ao rebaixamento nesta quinta-feira. Com o resultado, o time vai ter que disputar a Terceira Divisão do Campeonato Italiano.

O clube havia conseguido se manter na Segunda Divisão dentro de campo, mas cinco jogos foram colocados sob suspeita na tentativa de evitar o descenso. Mas o tribunal viu irregularidade nas partidas e o Catania perdeu 12 pontos, o que culminou com o rebaixamento como último colocado.

O time da Sicília ainda foi multado em 150 mil euros (cerca de R$ 578 mil). Já o presidente do clube, Antonio Pulvirenti, terá que pagar 300 mil (R$ 1,15 milhão, além de pegar cinco anos de suspensão. Ele chegou a ser preso em junho por ter participado no esquema de fraude.

E MAIS
- Clube italiano oferece R$ 50 milhões por Guerrero, afirma site

Pulvirenti havia admitido ter 'comprado' o resultado de cinco jogos por 100 mil euros (R$ 385 mil), com o objetivo de salvar o Catania na queda para a Terceira Divisão. No entanto, negou que o interesse era para ter vantagens em casas de apostas.

Além do Catania, outros dois clubes foram punidos. Teramo e Savona foram rebaixados à Quarta Divisão, também por envolvimento no esquema de manipulação de resultados.

O Catania foi julgado por manipulação de resultados durante a temporada passada e foi condenado ao rebaixamento nesta quinta-feira. Com o resultado, o time vai ter que disputar a Terceira Divisão do Campeonato Italiano.

O clube havia conseguido se manter na Segunda Divisão dentro de campo, mas cinco jogos foram colocados sob suspeita na tentativa de evitar o descenso. Mas o tribunal viu irregularidade nas partidas e o Catania perdeu 12 pontos, o que culminou com o rebaixamento como último colocado.

O time da Sicília ainda foi multado em 150 mil euros (cerca de R$ 578 mil). Já o presidente do clube, Antonio Pulvirenti, terá que pagar 300 mil (R$ 1,15 milhão, além de pegar cinco anos de suspensão. Ele chegou a ser preso em junho por ter participado no esquema de fraude.

E MAIS
- Clube italiano oferece R$ 50 milhões por Guerrero, afirma site

Pulvirenti havia admitido ter 'comprado' o resultado de cinco jogos por 100 mil euros (R$ 385 mil), com o objetivo de salvar o Catania na queda para a Terceira Divisão. No entanto, negou que o interesse era para ter vantagens em casas de apostas.

Além do Catania, outros dois clubes foram punidos. Teramo e Savona foram rebaixados à Quarta Divisão, também por envolvimento no esquema de manipulação de resultados.