José Mourinho está na corda bamba no Chelsea (Foto: Justin Tallis / AFP)

José Mourinho está na corda bamba no Chelsea (Foto: Justin Tallis / AFP)

LANCE!
03/11/2015
15:21
Londres (ING)


A fraca campanha na temporada aliada à derrota em casa para o Liverpool por 3 a 1, no último sábado, deixam José Mourinho por fio no Chelsea. Segundo alguns jornais ingleses, ele poderia ser demitido até mesmo se obtiver sucesso nas partidas contra o Dínamo de Kiev nesta quarta-feira, pela Liga dos Campeões, e no sábado, diante do Stoke City, pelo Campeonato Inglês. No entanto, caso a demissão seja mesmo concretizada nas próximas semanas, o clube não impediria o português de comandar outro time na Premier League.

Segundo o "The Times", os Blues poderiam adicionar uma cláusula na rescisão contratual que impeça que outro clube inglês contrate Mourinho. No entanto, o treinador não é obrigado a aceitá-la e poderia exigir um valor extra à multa no valor de 9,5 milhões de libras (R$ 56 milhões), que equivalem a um ano de salário no Chelsea.

O desejo do português é permanecer em Londres, caso realmente saia dos Blues, para ficar perto da família. O seu filho é goleiro da base do Fulham, da capital inglesa, e a filha é estudante de moda. Por esta vontade de Mourinho, o dono do Chelsea, Roman Abramovich poderia reconsiderar a sua demissão.

O periódico coloca dois ex-treinadores do clube londrino como opções para uma possível substituição a Mourinho, como já era especulado em outros veículos de comunicação da Inglaterra. Nomes como Guus Hiddink e Carlo Ancelotti são bem cotados na Terra da Rainha.