Busquets - Barcelona x Roma (Foto: LLUIS GENE / AFP)

Busquets é titular absoluto do Barcelona (Foto: LLUIS GENE / AFP)

LANCE!
09/02/2016
13:39
Barcelona (ESP)

Desde que Pep Guardiola foi anunciado para comandar o Manchester City a partir da próxima temporada, um dos nomes mais falados para reforçar o elenco do time é o de Busquets. Diversos veículos garantiram que o treinador teria pedido a contratação do volante do Barcelona, que foi lançado pelo técnico no time. O jogador admitiu que ele seria capaz de tirá-lo do Barça, assim como sua esposa, mas lembrou que é improvável que isso aconteça.

- Sempre disse que apenas duas pessoas podem mudar minha decisão de ficar aqui. Pelo lado pessoa, uma é a minha mulher, que hoje é daqui e do Barça, então não teria problema - disse o jogador à emissora ESPN do México:

- Pelo lado esportivo, a outra pessoa seria Guardiola. Está claro que devo muito a ele e voltar a trabalhar com ele seria uma honra. Mas este é o meu clube, também é o clube dele. E sabe que o melhor para o clube e para mim é que eu fique aqui. Então creio que ele não vai me pedir.

Busquets falou ainda sobre a quantidade de jogos que já alcançou pelo Barcelona. Perto de chegar aos 400, ele minimizou possíveis marcas pessoais.

- Não tenho um objetivo de partidas. Busco estar bem ano a ano, estar disponível e estar bem, me cuidar, e quando encerrar a minha carreira aqui no Barcelona, diga-se por aqui: "Entrou na história como um bom jogador e como um dos que mais atuou pelo Barcelona".

Nesta terça-feira, até Luis Enrique chegou a ser questionado sobre a declaração de Busquets. Porém, disse que ele não é a pessoa indicada para falar sobre uma possível ida do volante para o Manchester City.

- Perguntem para Busquets e Guardiola. Não para Luis Enrique - disse.