Brighton x Chelsea

Hazard e Willian foram os melhores em campo (Foto: Divulgação / Premier League)

LANCE!
20/01/2018
12:21
Brighton (ING)

Na costa sul da Inglaterra, o Chelsea nadou com tranquilidade - embora tenha tido alguns sustos ao longo das braçadas. Neste sábado, pela abertura da 24ª rodada do Campeonato Inglês, os Blues venceram o Brighton por 4 a 0, no Amex Stadium, com ótimas atuações de Hazard e Willian, autores dos três primeiros gols. Moses, no fim, fez o placar refletir goleada.

Willian, aliás, fez um golaço, não só pelo chute, mas pelos toques envolventes, o que pavimentou o 15º triunfo do Chelsea na competição. Agora, na terceira colocação, são 50 pontos somados, os mesmos de Manchester United, vice-líder, e 12 a menos em relação ao líder Manchester City - ambos ainda jogam. 

O JOGO

Depois de passar sufoco contra o Norwich pela Copa da Inglaterra, nesta semana, o Chelsea foi ao litoral com a faca nos dentes, mesmo sem a referência Morata - que, cabe sublinhar, tem sido criticado, e com razão, por pecar em momentos cruciais. Batshuayi foi a opção de Antonio Conte. 

No entanto, não foi Batshuayi quem decidiu, mas, sim, a dupla que atuou pelos flancos: Hazard e Willian. O primeiro fez gol à la 9, quando, aos dois minutos, estufou a rede após bola rebatida. Já o segundo, fez um golaço, acertando um canhão da entrada da área, depois de linda jogada coletiva, com direito a toque de calcanhar e de primeira de Batshuayi. Pintura azul! 

Atrás, Caballero, titular no lugar do lesionado Courtois e em seu primeiro jogo de Premier League na temporada, operou um milagre em cabeçada à queima roupa de Hemed. O argentino garantiu a boa vantagem para o segundo tempo, que, em boa parte, foi administrado pelos Blues à sua maneira. 

Após o intervalo, aliás, David Luiz foi acionado por Conte para substituir Christensen, que deixou o gramado após pancada na cabeça. Quem ficou tonto, no entanto, foi o time da casa, que ainda viu Hazard (novamente) e Moses marcarem, já na reta final, e sacramentarem o convincente triunfo.