Leonardo Vitorino

Leonardo Vitorino classificou sua passagem pela seleção de Camboja como boa (Foto: Divulgação)

LANCE!
19/10/2017
20:48
Pnum Pen (CAM)

O técnico Leonardo Vitorino deixou o comando da seleção do Camboja nesta quinta-feira. Após uma reunião com a diretoria da Federação local, o brasileiro anunciou o seu desligamento, ocorrida na cidade de Pnum Pen, capital do país.

Em sete meses de atuação, já que o trabalho foi iniciado no dia 2 de março deste ano, Vitorino conseguiu resultados importantes, inéditos e históricos, além de deixar um legado positivo para o futebol local.

- Agradeço a oportunidade, mas em comum acordo decidimos encerrar o vínculo. Creio que pude contribuir para a evolução da seleção nacional, do trabalho de formação, com o início de um projeto de busca de talentos, e com o futebol local, através do contato com os treinadores das equipes que jogam a liga - relatou Vitorino.

Radicado no exterior há vários anos, a expectativa do treinador, que realizou trabalhos sólidos e vencedores em diversos países, é permanecer um tempo no Brasil e, quem sabe, comandar alguma equipe nacional.

- Retorno ao Brasil no final do mês de outubro. Mas estou aberto a conversar com equipes que tenham projetos sólidos, sérios e de longo prazo - explicou Leonardo.

Ao longo de sua carreira, Vitorino viveu experiências importantes em diversos países, comandando algumas seleções: Australiana Sub-17, Norte-americana Sub-15 e a principal de Trinidad e Tobago e também do Camboja. Além disso, trabalhou na base do Botafogo, no time principal do Santos (Angola) e em equipes do Paraná e do Rio de Janeiro. Foi técnico e coordenador da base, além de assistente técnico do principal no Al Gharafa (Qatar); coordenador da base do Al Jaish (Qatar); diretor técnico do Buriram United (Tailândia); e técnico do Lanexang United (Laos), conquistando o título da Liga local e chegando ao vice-campeonato da Toyota Mekong Cup Championship – 2017.