Willian

Panama Papers: Willian teve o seu nome citado (Foto: Divulgação/Chelsea)

RADAR/LANCE!
06/04/2016
16:20
Londres (ING)

Destaque do Chelsea e da Seleção Brasileira, o meia Willian pode ter complicações fora dos gramados. O nome do brasileiro consta de documentos da Mossack Fonseca, empresa panamenha de advocacia e gestão de patrimônios que auxiliava clientes a abrir offshores em paraísos fiscais pelo mundo. Nomes de diversas personalidades pelo mundo tem aparecido no caso batizado de Panama Papers, conjunto de documentos analisados por um consórcio de jornalistas de mais de 70 países.

As informações, divulgadas pelo jornal britânico "The Guardian" nesta quarta-feira, dão conta que o meia dos Blues, ao registrar sua empresa um mês após ser contratado pelo Chelsea, em setembro de 2013, teria indicado que o endereço de sua residência era o centro de treinamento do clube londrino.

Após a divulgação desta notícia, um porta-voz de Willian foi a público dizer que a Saxon Sponsoring Limited, que, segundo o "The Guardian', tem o jogador como único acionista, foi criada antes da contratação do atleta.

- Saxon foi constituída antes da chegada de Willian no Chelsea e estava inativa após a sua chegada ao Reino Unido - limitou-se a dizer o representante do jogador.

Além de Willian, aparecem no Panama Papers outras personalidades do futebol, como o meia Lionel Messi, do Barcelona, o recém-eleito presidente da Fifa, Gianni Infantino e o ex-presidente da Uefa Michel Platini.