Leonardo, bicampeão com o Jeonbuk em 2015 (Foto: Divulgação/LANCEPRESS!)

Leonardo, bicampeão com o Jeonbuk em 2015 (Foto: Divulgação/LANCEPRESS!)

RADAR/LANCE!
21/11/2015
15:28
Jeonju (CDS)

Com a conquista da K League no último domingo - a quarta nas últimas sete temporadas - o Jeonbuk do meia brasileiro Leonardo se consolidou como a grande equipe sul-coreana desse início de século. Neste sábado, pela penúltima rodada do campeonato, o time empatou por um a um em seu estádio com o Seongnam, quinto colocado da competição e recebeu a taça e as medalhas pela conquista. Leonardo fala da alegria em sagrar-se campeão pela segunda vez consecutiva com a camisa do clube que defende desde 2012.

- A felicidade por contribuir para o primeiro bicampeonato nacional do Jeonbuk é muito grande. Nós temos uma torcida apaixonada, que nos apóia em qualquer lugar que formos atuar. Agradeço muito a Deus e a minha família pelo suporte, pois a vida de um jogador de futebol não é fácil como muitos podem imaginar, especialmente longe de seu país. Felizmente tive uma temporada sem lesões e isso é fundamental. Joguei 35 das 36 partidas da liga e marquei dez gols, tendo assim, ajudado bastante a equipe para atingir o seu objetivo - ressaltou.

Líder do time que conquistou também o título da liga em 2014, Leonardo cita a diferença entre as duas trajetórias vitoriosas.

- Foram duas temporadas distintas. Embora tenhamos conquistado o campeonato neste ano com duas rodadas de antecedência, não foi fácil como pode parecer. A equipe acabou tendo uma queda no terceiro turno e a nossa vantagem construída até então foi de extrema importância. Já em 2014, não fomos derrotados nenhuma vez nos últimos 18 jogos e em oito sequer tomamos gol. Ano passado havia a pressão por estarmos há três anos sem sermos campeões, mas nessa temporada por sua vez, passamos a ser definitivamente o centro das atenções de todos os adversários e a equipe a ser batida. Ainda assim, superamos todos novamente e taça é nossa - encerrou.