Borussia Dortmund x Porto

Borussia Dortmund saiu na frente contra o Porto (Foto: PATRIK STOLLARZ/AFP)

Thiago Correia
18/02/2016
17:54
Dortmund (ALE)

O Borussia Dortmund mostrou nesta quinta-feira, contra o Porto em casa, que está levando a Liga Europa a sério. A torcida lotou o Signal Iduna Park, o técnico Thomas Tuchel usou força máxima, e os aurinegros saíram com a vitória por 2 a 0 pela primeira rodada do mata-mata da Liga Europa. Os alemães dominaram um Dragão cheio de improvisos e poderiam até ter saído com um resultado mais elástico, e os portugueses vão precisar mostrar bem mais para reverter o resultado na Terrinha. No mesmo horário, o Anderlecht derrotou o Olympiacos por 1 a 0.

Os alemães seguem na Bundesliga em sua caça ao líder Bayern de Munique. No domingo, o Borussia Dortmund visita o Bayer Leverkusen. Já o Porto, terceiro colocado do Campeonato Português, recebe o Moreirense no Estádio do Dragão.

O técnico José Peseiro, que estava com vários desfalques, teve que mexer muito no time e improvisar. Colocou o lateral-esquerdo Layún de atacante, o ponta Varela de lateral-direito, e escalou o jovem Sérgio Oliveira, que quase não jogou ainda pelo time principal, como titular. Do outro lado, uma equipe muito arrumada e com força máxima.

Acabou que o Borussia Dortmund dominou o jogo todo. Se não massacrou, o que poderia ter acontecido, não correu riscos. Para tudo ficar ainda melhor para os alemães, saiu um gol logo no início. Em jogada curta de escanteio, Mkhitaryan colocou na área, Piszczek ficou sozinho, chutou, Casillas deu rebote, que foi para cima do próprio polonês finalizar de cabeça e abrir o placar.

O Dortmund continuou com muito mais posse. Chegou a ter 64% do tempo com a bola. Ficou um tempo sem criar tanto, mas tudo estava sob controle. No meio da etapa inicial surgiram oportunidades com Schmelzer e Kagawa, e o Porto enfim finalizou com Sérgio Oliveira, mas o goleiro Burki estava seguro.

Na volta do intervalo, o jogo continuou com o mesmo ritmo. Peseiro ainda tirou Brahimi, que não estava bem, e colocou André André para tentar reanimar o time, mas foi o Borussia que marcou. Boa troca de passes na frente, Kagawa rolou para Mkhitaryan, que ajeitou para Reus chutar. A bola desviou em Martins Indi e enganou o goleiro Casillas.

O Borussia continuou em cima. Mkhitaryan chegou a colocar uma bola na trave em cabeçada, e Casillas fez algumas boas defesas. O Porto ainda teve uma chance em jogada com Evandro, mas Suk chutou em cima de Burki.

Na Bélgica, o Anderlecht saiu na frente contra o Olympiacos, e contou com uma grande ajuda do goleiro do time grego para ganhar de 1 a 0. O gol saiu já no segundo tempo. Após cobrança de escanteio, Jimenez socou a bola muito mal e a bola ficou na área. Mbodji acabou acertando algo parecido com uma bicicleta e garantiu a vitória.