Bolívia x Peru

Bolívia chega à segunda vitória nas Eliminatórias Sul-Americanas (Foto: AIZAR RALDES / AFP)

LANCE!
01/09/2016
18:58
La Paz (BOL)

Estreante, o técnico Guillermo Hoyos estabeleceu uma meta para a Bolívia brigar por uma vaga na próxima Copa do Mundo de 2018. Vencer todos os jogos em casa e esperar para ver o que acontece. A primeira etapa da missão foi bem-sucedida: nesta quinta-feira, em La Paz, a seleção derrotou o Peru por 2 a 0, em jogo válido pela sétima rodada das Eliminatórias Sul-Americanas.

A Bolívia vai para seis pontos e para a oitava colocação, deixando o Peru uma posição abaixo, com quatro.

Como esperado, o jogo foi, tecnicamente, muito fraco. Sem o atacante Guerrero, que começou o clássico andino no banco de reservas, o Peru começou melhor na partida, criando duas chances para marcar. Em seguida, o time visitante foi deixando a Bolívia tomar conta da partida.

Aos 32 minutos, Pablo Escobar ficou sozinho para abrir o placar, mas acabou traído pelo quique da bola, isolando a finalização. O ex-jogador do Ipatinga se redimiu no fim da primeira etapa, acertando uma cobrança de falta que contou com a ajuda da barreira.

Por opção do técnico Ricardo Gareca, Guerrero, desacostumado à altitude, foi a campo somente depois do intervalo. O Peru só conseguiu fazer a bola chegar ao atacante aos 26 minutos, quando o atacante rubro-negro pegou cruzamento de primeira e chutou nas mãos do goleiro Quiñonez.

A Bolívia se segurou bem atrás até o apito final. Na frente, Raldéz, de cabeça, evitou qualquer reação do adversário. O time conquista a segunda vitória nestas Eliminatórias.

FICHA TÉCNICA:

BOLÍVIA 2 x 0 PERU


Local: Estádio Hernando Siles, em La Paz (Bolívia)
Data e hora: 1º de setembro de 2016, 17h (de Brasília)
Árbitro: José Argote (VEN)
Cartão Amarelo: Flores, Azogue (BOL); Ramos (PER)
Cartão Vermelho:
Gols: Escobar, 36'/1ºT (1-0), Raldés, 42'/2ºT (2-0)

BOLÍVIA: Quiñonez, Edemir Rodríguez, Raldéz, Zenteno e Bejarano; Walter Flores, Azogue, Campos (Wayar, 17'/1ºT) e Escobar (Saavedra, 16'/2ºT); Arce (Cabrera, 36'/2ºT) e Marcelo Moreno. Técnico: Guillermo Hoyos.

PERU: Gallese, Corzo, Ramos, Abram e Tauco; Aquino, Ortiz (Sánchez, 10'/2ºT) e Polo (Guerrero, Intervalo); Ruidíaz, Cueva e Ávila (Édison Flores, 25'/2ºT). Técnico: Ricardo Gareca.