Boca Juniors x River Plate

Arquirrivais, Boca Juniors e River Plate se juntaram na queixa a Conmebol (JUAN MABROMATA / AFP)

LANCE!
04/11/2016
15:52
Buenos Aires (ARG)

O presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici, não quer ver o clube fora da Copa Sul-Americana de 2017. Nesta sexta-feira, o dirigente afirmou que tentará criar uma Superliga Sul-Americana caso a Conmebol não reconsidere o sistema classificatório para o torneio internacional.

- Se a Conmebol negar nossa queixa, não descarto armar um novo torneio internacional - garantiu Angelici, que se encontrou com dirigentes de diversos clubes do continente, na semana passada, de acordo com o jornal "Clarín".

Originalmente, o acesso à Sul-Americana seria definido pelos torneios de 2016-17. No entanto, a Conmebol fez uma reforma nas competições e estabeleceu que os representantes argentinos serão de campeonatos já concluídos.

Independiente, Arsenal, Defesa y Justicia e Huracán já estão garantidos. Gimnasia e Racing também estão assegurados, mas podem abrir duas vagas se chegarem à Libertadores pela Copa Argentina.

Arquirrival do Boca, o River Plate fez a mesma queixa e propôs que os classificados saíssem do fim do ano, pelo Campeonato Argentino 2016-17. Neste sistema, os dois gigantes do país estariam garantidos ao lado de Newell's Old Boys, Independiente, Racing e Colón.

Por ora, o Boca não disputará a Sul-Americana. Para piorar, na última quarta-feira, o Xeneize foi eliminado pelo Rosario Central na Copa Argentina e ficou sem vaga na próxima Libertadores.