Adryan fez um dos gols da vitória do Nantes (Foto: Eliot Blondet / AFP)

Adryan já fez quatro gols pelo Nantes nesta temporada(Foto: Eliot Blondet / AFP)

Mário Boechat
05/02/2016
08:00
Nantes (FRA)

O Flamengo iniciou a atual década com a promessa de jovens e bons valores nas divisões de base. Em 2011, o Rubro-Negro foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Um dos expoentes daquela vitoriosa equipe, o meia Adryan despontou no time principal, mas acabou perdendo espaço entre os profissionais. Foi emprestado pelos cariocas para o Cagliari, da Itália, e Leeds, da Inglaterra. Hoje, no Nantes, da França, vem demonstrando o futebol que todos esperavam em seu início de carreira.

Em apenas seis meses, Adryan vem sendo decisivo para o Nantes. Nesta quarta-feira, ele fez o terceiro na vitória por 3 a 1 sobre o Ajaccio. Foi o quarto gol dele, em 17 jogos, além de ter dado quatro assistências. As boas atuações já renderam diversos elogios na França, principalmente no oeste do país, onde fica localizada a cidade de Nantes. Ao LANCE!, o jogador, de 23 anos, falou sobre essa reverência da imprensa local.

- Eles sempre criaram muita expectativa no meu futebol. E eu sabia que precisaria lidar com isso. Fui trabalhando, fazendo a minha parte e hoje é um prazer incrível ver os meus feitos serem reconhecidos - disse o apoiador.

As boas atuações vêm ajudando o Nantes a subir na tabela de classificação. O time, agora, está na sexta posição do Campeonato Francês, com 35 pontos, dois a menos que o Angers,  quarto colocado, que estaria classificado para a Liga Europa. Para a Champions, faltam apenas quatro pontos para chegar no Nice, que está em terceiro.

Adryan
Adryan foi revelado pelo Fla (Foto: Wagner Meier/ LANCE!Press)

- É o nosso grande objetivo. E temos nos dedicado para alcançá-lo. Sabemos que teremos desafios complicados, mas estamos nos preparando. Acima de tudo, acreditamos muito no nosso time, na nossa força de chegada. Tenho certeza que, se continuarmos nessa pegada, fecharemos a temporada com chave de ouro - comentou.

No entanto, Adryan admite que teve certo problema de adaptação no futebol francês.

Excelente vitória de 3 a 1 , muito feliz por ajudar a equipe com gol ! #AllezNantes #Ligue1

Um vídeo publicado por Adryan - RJ 🇧🇷 (@adryantavares) em

- Cheguei muito bem, jogando bem, dando passes para gol. Depois, até mesmo pela questão da adaptação, dei uma oscilada. Mas felizmente, trabalhei duro para retomar as boas atuações - reconheceu.

Uma coisa é certa até para o Adryan: não dá para competir com o PSG.

- É o melhor time do país, disparado. Para ser bem sincero, eles jogam um campeonato à parte. Até tem como em um jogo isolado, num dia em que todos estão bem, vencê-los, fazer jogos parelhos, mas eles têm uma regularidade absurda. No campeonato, é praticamente impossível para qualquer time brigar pelo título.

TORCIDA É UM FATOR MOTIVADOR

Quando pisa no Stade de la Beaujoire, casa do Nantes, Adryan sabe que não estará sozinho. Além dos companheiros, os torcedores enchem o estádio para apoiar o time. E o meia brasileiro vem sendo um dos mais aclamados.

- É uma das coisas que mais me motiva aqui na França. O carinho que eles têm por mim é fantástico. Recebo muitas mensagens nas redes sociais, é sensacional. Nos treinos, muitos vêm com a minha camisa, muitas crianças, é uma sensação incrível! Eles já fizeram até uma bandeira em minha homenagem.

Thank you supporters ! Without you we are nothing ! Obrigado por todo o carinho que tenho recebido de vocês ! ❤️ #FCNANTES

Uma foto publicada por Adryan - RJ 🇧🇷 (@adryantavares) em