Joseph Blatter - Presidente FIFA (Foto: Pablo Porciuncula/AFP)

Joseph Blatter ficou à frente da Fifa durante quase duas décadas (Foto: Pablo Porciuncula/AFP)

LANCE!
17/03/2016
15:25
Zurique (SUI)

O ex-presidente da Fifa Joseph Blatter entrou com uma ação no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) para tentar anular a suspensão de seis anos imposta a ele pelo Comitê de Ética da própria entidade máxima do futebol, no mês passado. Além do suíço, Platini, presidente afastado da Uefa, pegou a mesma sanção e também recorreu.

Caberá ao TAS iniciar o processo de julgamento e indicar os três árbitros para decidir se o recurso apresentado pelo ex-dirigente suíço é válido.

Blatter começou a ser alvo de investigações depois que foi descoberto um pagamento feito a Platini em 2011. A alegação era que teria sido a compensação por um trabalho feito pelo ex-jogador para a entidade máxima do futebol entre 1998 e 2002. O francês disse que serviu como assessor do suíço, que não teria dinheiro para pagá-lo na ocasião.

Segundo o TAS, os recursos de Blatter e Platini foram rejeitados nos artigos 13 (condutas das regras gerais), 15 (lealdade), 19 (conflito de interesses) e 20 (oferecer e aceitar presentes e outros benefícios) do código de ética da Fifa. A comissão julgadora, no entanto, afirmou que no artigo 21 (suborno e corrupção) não há indícios de que a dupla tenha cometido infrações desta natureza.