Boateng - Hamburgo x Bayern (Foto: Reprodução / Site Oficial Bayern)

Boateng se lesionou na partida entre Bayern de Munique contra o Hamburgo (Foto: Reprodução/Site Oficial Bayern)

Denis Huber - TZ München - Pool do LANCE!
27/01/2016
15:42
Rio de Janeiro (RJ)

A lesão de Boateng acerta na medula do Bayern. Sem ele, a resistência defensiva corre um grande perigo. Por isso, parece surpreendente a decisão do clube em não procurar um substituto para o jogador neste restante de temporada. Trata-se de um grande perigo para o sonho do Bayern em sagrar-se campeão do Alemão, da Copa das Alemanha e da Champions.

Há jogadores no elenco do Bayern que são insubstituíveis e certamente Boateng é um deles. O campeão mundial não é apenas um excelente defensor. Ele é a garantia da estabilidade da defesa e trata-se de um craque.

O Bayern pode conquistar a Tríplice sem Boateng? Não! Para o campeonato e para a Taça será suficiente. Para o triunfo na Liga dos Campeões, não.
As alternativas hoje no elenco são Badstuber, Martinez e Benatia. Todos propensos a lesões e muito pouco constantes. Não são suficientes para um time de alto nível. O austríaco Alaba, que poderia ajudar na defesa central, é usado mais eficazmente em outras posições principalmente na lateral-esquerda.


O chefão Rummenigge justificou a decisão com a falta de boa oferta na janela de Inverno. Além disso, ele lembra que a lesão de Boateng não é tão ruim como se pensava inicialmente, pois ele poderia retornar em abril. Mas isso é a melhor situação. E até abril o Bayern terá pela frente um peso-pesado na Champions.

Mesmo considerando que é sempre difícil substituir Boateng - com 27 anos, no ápice da carreira e um dos três melhores zagueiros do mundo - o Bayern é grande o suficiente para tentar um zagueiro de ponta e não ficar refém de substitutos que são claramente incógnitas.

Por que não ir até o Schalke tentar Joel Matip com alguma oferta, que seja talvez por meio ano? Por qual motivo não colocar para fora as antenas para Vidic, um pouco velho, mas ainda em alto nível e que sentiu o baque após a sua rescisão de contrato com a Inter de Milão?

Que tal bater na porta do Bilbao e buscar o altamente talentoso Aymeric Laporte para Munique?

- Não cairemos na histeria", disse Rummenigge, provavelmente com algum pavor e passividade que, certamente, poderá fazer o Bayern não ganhar a Liga dos Campeões no fim das contas.