Bauza e Bartomeu - Barcelona x Sampdoria - Joan Gamper

Bauza no Camp Nou ao lado do presidente do Barcelona, no Camp Nou (Foto: Josep Lago / AFP)

LANCE!
23/09/2016
15:50
Buenos Aires (ARG)

O técnico da Argentina, Edgardo Bauza, levou um puxão de orelhas por insinuar que o Barcelona não cuida de Messi da mesma forma que ocorre na seleção. Na quinta-feira, irritado com a lesão do camisa 10, Patón subiu o tom e falou que não acreditava nos exames médicos realizados pelo clube catalão. Nesta sexta-feira, Armano Pérez, diretor da AFA (Associação de Futebol Argentino), repreendeu o treinador.

- Queremos a melhor relação com o Barcelona. Tudo mundo busca o melhor para Messi. Temos que melhorar a relação com o Barça. A repercusão de qualquer frase do técnico da seleção argentina é grande. Vou conversar com ele - colocou o dirigente da AFA.

Para aparar as arestas e desfazer por completo as palavras de Bauza, Pérez tem agendado um encontro com o presidente do Barcelona, Josep María Bartomeu.

A declaração de Pérez fez Balza se retratar.

- Não quero brigar com o Barcelona. Queremos trabalhar em conjunto para o bem do jogador. Colocaram fora do contexto minhas declarações - explicou.

Sem Messi, a Argentina enfrenta Peru e Paraguai, nos dias 6 e 11 de outubro, respectivamente, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018. Segundo o jornal "Mundo Deportivo", o craque pode ficar até quatro meses fora dos gramados e fazer uma cirurgia por conta de uma pubalgia.