Barcelona x Bilbao

Messi fez mais um gol! O argentino tem mais  de 600 na carreira (Foto: PAU BARRENA / AFP)

LANCE!
18/03/2018
14:07
Barcelona (ESP)

Barcelona ganhar no Campeonato Espanhol é rotina e neste domingo não foi diferente. No Camp Nou lotado, o Barça venceu o Athletic Bilbao por 2 a 0 e segue invicto na La Liga, com 23 vitórias e seis empates nas 29 rodadas disputadas até aqui. Paco Alcácer, que substituiu o suspenso Suaréz, e Messi fizeram os gols dos culés. Poupado, Iniesta entrou no segundo tempo. Busquets, machucado, não atuou. 

Com 75 pontos, os comandados de Ernesto Valverde abrem onze pontos de vantagem para o Atlético de Madrid, que ainda joga neste sábado, às 14h30, contra o Villareal, fora de casa. Valencia, que já jogou, e Real Madrid, que também atuará neste domingo, completam o G4 da La Liga no momento, com 59 e 57 pontos, respectivamente. 

Brasileiros param na trave 

O primeiro tempo do Barcelona foi uma verdadeira surra e o 2 a 0 ficou barato. Logo aos 8, Alba (impedido) foi à linha de fundo e deu um bom cruzamento para Alcácer, que chutou no canto esquerdo e marcou.  Aos 30, Messi (para variar) deixou a sua marca. Ele recebeu de Dembélé e fez um belo gol. Parou por aí? Não. Foram duas bolas na trave antes do intervalo, uma de cada brasileiro em campo: Phillippe Coutinho e Paulinho. 

Bilbao cresce no segundo tempo

No intervalo, o time basco lançou Iturraspe e cresceu de produção, a ponto de equilibrar a partida e até ser superior em alguns momentos. Mas o Bilbao esbarrava na boa defesa do Barcelona e em suas limitações técnicas. Lekue e Merino foram os jogadores que mais deram trabalho aos catalães.  


Sevilla perde e Ganso nem no banco fica 

Um pouco mais cedo, ainda neste domingo, o Sevilla perdeu fora de casa para o Leganés, por 2 a 1. A derrota vem cinco dias após a equipe comandada por Vincenzo Montella fazer história, eliminar o Manchester United e voltar às quartas de final da Liga dos Campeões após 60 anos. 

Bustinza, aos 41 do primeiro tempo, abriu o placar para os mandantes. Aos 24 da etapa complementar, Eraso ampliou: 2 a 0. Para piorar a situação, Sarabia recebeu o segundo amarelo e foi expulso aos 39. Mas mesmo assim, o Sevilla conseguiu diminuir, aos 45. Ben Yedder, herói da classificação do meio da semana, tocou para Layún descontar. Mas já era tarde. 

O brasileiro Guilherme Arana, campeão brasileiro com o Corinthians em 2017, entrou aos 33 do segundo tempo, substituindo Escudero. Já Paulo Henrique Ganso mais uma vez não ficou nem no banco de reservas. O meia, por sinal, anda não entrou em campo neste ano. 

O Sevilla está em quinto, com 45 pontos, um a mais que o sexto, Villareal. No momento, os Rojiblancos beliscam a única vaga  direta na fase de grupos da Liga Europa. Já o Leganés está em 12º,  com 36 pontos.