LANCE!
02/11/2016
17:58
Barcelona (ESP)

Os dias do lateral-direito Aleix Vidal no Barcelona estão contados. Ele não vem sendo aproveitado pelo técnico Luis Enrique e sua saída é consenso dentro do clube. Desta forma, ele deve trocar de time já na janela de transferências de janeiro, de acordo com o jornal "Sport".

A situação de Aleix Vidal ficou clara quando o técnico Luis Enrique não o relacionou para a partida diante do Deportivo La Coruña. Na ocasião, Sergi Roberto, que assumiu a titularidade na posição, mesmo sendo volante de origem, estava lesionado e o treinador optou por improvisar.

No entanto, buscar uma saída que satisfaça tanto o clube quanto o jogador não é considerada fácil. Isso porque o Barcelona investiu 18 milhões (R$ 64,6 milhões) - além de bônus - e só aceitaria vendê-lo por, no mínimo, 13 milhões de euros (R$ 46,6 milhões), algo considerado improvável devido à falta de oportunidades do lateral como titular do time.

Luis Enrique - Barcelona x Sampdoria - Joan Gamper
Luis Enrique não deve aproveitar Vidal (Foto: Josep Lago / AFP)

O Barcelona também não descarta emprestar Aleix Vidal nos últimos seis meses da temporada. Segundo o "Sport", alguns clubes italianos demonstraram interesse, mas nada de concreto apareceu.

Vidal terá dois meses para tentar mostrar ao técnico Luis Enrique, com quem tem boa relação, que pode ser útil ao Barcelona.

AURIER NA MIRA DO BARCELONA

Se Aleix Vidal está fora dos planos, Serge Aurier, do PSG, pode pintar no Barcelona. A "France Football" confirmou que os agentes do lateral-direito estiveram visitante as instalações do clube espanhol e negociaram com a diretoria. Ele tem contrato com os franceses até 2019.

Segundo a revista francesa, o agente de Aurier, Stephan Courbis, foi à Espanha conhecer o interesse do Barcelona. Ele informou que havia mais times interessados na sua contratação e que as possibilidades estariam abertas.

Nos últimos meses, Aurier vem colecionando alguns episódios de indisciplina no PSG. Ele chegou a gravar um vídeo criticando o ex-treinador do clube Laurent Blanc, além de jogadores como Ibrahimovic.