Marquinhos - PSG

Zagueiro foi revelado pelo Corinthians e está no PSG desde 2013. Antes, ainda jogou na Roma (Foto AFP PHOTO)

RADAR/LANCE!
19/09/2016
12:39
Paris (FRA)

Titular do Paris Saint-Germain e da Seleção Brasileira aos 22 anos, Marquinhos, que também levou o inédito ouro olímpico, vive seu melhor momento na carreira. Nesta segunda-feira, o zagueiro encheu a bola do técnico Tite, além de frisar que o grupo atual do Brasil visa "resgatar a esperança do torcedor".

- Foi o Tite que me deu o privilegio de subir e estrear logo cedo com a camisa do Corinthians. Fiquei muito feliz quando soube que ele ia assumir a Seleção. Ele tem os pés no chão e veio pra Europa aprender. É uma pessoa fora do comum, que trabalha na base do merecimento. Estou muito feliz por ele e, juntos, estamos tentando resgatar a esperança torcedor no futebol brasileiro, para todos sorrirem com a seleção - disse o defensor ao canal "ESPN Brasil".

Sobre o seu clube, o PSG, Marquinhos falou sobre o bom começo na atual temporada, mas não tanto quanto na última, quando a equipe parisiense teve uma largada sensacional - atualmente, o time está em 3º na tabela.

- Nosso início na temporada passada foi muito bom. Isso teve a ver com atitude. No fim, tivemos uma gordura para ficarmos mais tranquilos - disse, analisando a chegada do novo técnico, Unai Emery, ex-Sevilla:

- Tivemos mudanças neste ano. Principalmente a chegada do novo treinador, implantando uma filosofia nova. Isso leva tempo, não é fácil, mas estamos evoluindo e tendo melhoras. Aos poucos, vamos ganhando mais confiança e tudo irá fluir - comentou.

Nesta terça, o Paris Saint-Germain de Marquinhos terá pela frente o Caen, fora de casa, pela 6ª rodada do Campeonato Francês. Uma vitória do PSG pode permiti-lo dormir na liderança, já que empataria com o Monaco no número de pontos (13) e, com isso, dependeria apenas do saldo de gols.