Ucrânia x Espanha - gol da Espanha (Foto: Genya Savilov/AFP)

Espanha ainda se recupera depois da Copa ruim (Foto: Genya Savilov/AFP)

LANCE!
12/11/2015
15:51
Alicante (ESP)

Entre os amistosos desta sexta-feira pela Europa, um dos destaques é o confronto entre Espanha e Inglaterra, que será disputado às 17h45 (de Brasília), em Alicante. De um lado, a atual bicampeã da Eurocopa, a Roja, e do outro, o English Team, equipe que terminou as Eliminatórias para o próximo torneio europeu com 100% de aproveitamento.

Em suas entrevistas coletivas, os dois técnicos renderam elogios às equipes rivais. Vicente del Bosque, técnico da Espanha, disse que a Inglaterra tem qualidade para ser uma seleção ainda melhor do que já é.

- Tem um potencial muito forte. Eles venceram as 10 partidas nas Eliminatórias da Eurocopa. Quando se organizar um pouco melhor, será um timaço - disse o treinador campeão europeu e mundial pela Fúria.

Kane e Barkley - Inglaterra x Lituânia (Foto: Janek Skarzynski / AFP)
Kane e Barkley são sensações inglesas (Foto: Janek Skarzynski / AFP)


Do outro lado, Roy Hodgson apresentou discurso semelhante. Para o inglês, que não terá Rooney no amistoso, a seleção espanhola tem totais condições de conseguir levantar o título da Eurocopa pela terceira vez seguida.

- Tem qualidade, experiência e um treinador que sabe ganhar títulos. A Espanha tem potencial para voltar a ganhar, mas não creio que seja um favorito claro, mas sim que esteja entre cinco ou seis seleções que podem ganhar - disse Hodgson, que explicou a ausência de Rooney no jogo, apesar de o Shrek estar presente na coletiva:

- Estou dizendo isso porque não quero enganar ninguém, e ele está sentado ao meu lado. A razão é muito simples, quero olhar várias combinações. Rooney está escalado para o jogo contra a França.

Outro assunto que foi comentado na entrevista coletiva do técnico espanhol foi Piqué. O zagueiro tem sido constantemente vaiado, principalmente em partidas da seleção, por ser favorável à independência da Catalunha.

- Há uma corrente que é impossível de parar. Chegamos a um ponto que o estranho seria se não vaiassem Piqué. O melhor é não nos preocuparmos com isso e nem falarmos disso - disse Del Bosque.