Atlético de Madrid campeão da Liga Europa de 2012

Atlético de Madrid comemora a Liga Europa de 2012, o primeiro título de Simeone no clube (Foto: AFP)

LANCE!
24/05/2016
15:48
Madri (ESP)

Se o Real Madrid tem a oportunidade de vencer a "Undécima", o Atlético de Madrid pode conquistar a Liga dos Campeões da Europa no próximo sábado, no San Siro, em Milão, na final contra os Merengues. O Colchonero entraria para um seleto grupo de clubes que ganharam as três competições continentais: Champions, Liga Europa, Supercopa e Recopa.

O time alvirrubro seria o quinto o clube a levar as taças. Chelsea, Ajax, Juventus e Bayern de Munique já tiveram esse privilégio. Equipes de tradição como Manchester United, Liverpool, Milan, Inter e até mesmo o Real Madrid ainda não tiveram esse gostinho.

Os bávaros foram os últimos a chegar à façanha. Faltava a Supercopa Europeia. O título veio recentemente, em 2013, com uma vitória sobre o Chelsea, nos pênaltis, após um 2 a 2 nos 120 minutos de tempo regulamentar e prorrogação. Foi o primeiro caneco do Bayern de Munique na era Guardiola.

No mesmo ano, menos de três meses antes foi o Chelsea que conseguiu a marca. Os Blues venceram o Benfica por 2 a 1, na final da Liga Europa, disputada na Amsterdam Arena. Em 2012, os londrinos ganhariam a Liga dos Campeões em cima do Bayern de Munique, nos pênaltis, em plena Allianz Arena.

A Juventus conseguiu a tríade há 20 anos. Já o Ajax completou a saga das taças europeias em 1992.

A Recopa, competição um nível abaixo da Liga Europa, não existe mais. A última edição foi disputada em 1998-1999. Mas o Atlético conta com a relíquia no museu do Vicente Calderón. O troféu foi garantido em 1962. A final contra a Fiorentina terminou 1 a 1, em Glasgow. Os times foram para um desempate em Stuttgart vencido pelos espanhóis por 3 a 1.

As outras duas taças tiveram também a assinatura do técnico Diego Simeone, à frente do Atlético de Madrid desde dezembro de 2011. Em maio de 2012, o Colchonero derrotou o Athletic Bilbao por 3 a 0. Em agosto, foi a vez de levar a Supercopa Europeia com uma categórico goleada sobre o Chelsea por 4 a 1. Em 2014, a Champions escapou por alguns segundos, com a cabeça de Sergio Ramos que levou à prorrogação e pavimentou a virada do Real Madrid por 4 a 1.

Antes de Simeone, o Atlético já havia feito a dobradinha Liga Europa-Supercopa Europeia, em 2010. No primeiro torneio, o Colchonero derrotou o Fulham por 2 a 1. Na segunda final, triunfo sobre a Inter de Milão por 2 a 0. O técnico, na época, era Quique Sánchez Flores.