Atentado - Real Madrid

Além de atentado onde torcedores estavam, uma bomba explodiu próximo a um mercado  (Foto: Reprodução / Twitter)

Pool LANCE! / AS (Espanha)
13/05/2016
13:20
Balad (IRQ)

Na noite de quinta-feira, uma organizada no Real Madrid no Iraque sofreu um ataque terrorista em sua sede em Balad. O episódio, ocorrido a 80 km de Bagdá, deixou 16 pessoas mortas e 20 feridas, algumas de maneira muito grave.  

No momento do atentado, cerca de 50 integrantes estavam reunidos no local de encontro dos tocedores do Real Madrid para ver partidas da equipe em vídeo e conversar em uma cafeteria.

Em contato com o AS, o presidente da organizada merengue em Balad, Ziad Subhan, trouxe detalhes da tragédia:

- Três terroristas islâmicos do grupo ISIS entraram na sede armados com vários fuzis AK-47 e dispararam, para falta de sorte de todos que estavam ali.

Questionado sobre o motivo do ataque, o presidente da organizada reagiu:

- Eles não gostam do futebol, consideram que é anti-muçulmano e cometem atrocidades assim. Estamos todos arrasados com o que aconteceu.

O ataque em Balad foi reivindicado pelo autodenominado Estado Islâmico. Os autores do atentado conseguiram fugir do local.

Posteriormente, um deles detonou uma bomba próximo a um mercado de verduras, quando vários policiais e milicianos tentaram interceptá-lo e dispararam tiros, de acordo com serviços de segurança.