Colômbia x Argentina

Colômbia x Argentina (Foto: LUIS ACOSTA/AFP)

RADAR/LANCE!
17/11/2015
20:29
Barranquilla (COL)

A Argentina enfim "estreou" nas Eliminatórias. Mesmo sem seus principais jogadores, os hermanos quebraram o jejum das três rodadas iniciais e venceram a primeira na competição ao superarem a Colômbia, fora de casa, por 1 a 0 nesta terça-feira. O gol do triunfo foi marcado por Biglia, ainda no primeiro tempo do confronto e tira um pouco da pressão sobre a seleção e o técnico Tata Martino devido ao início ruim.

Com o resultado, a Argentina chegou aos cinco pontos e saiu da penúltima colocação e chegou ao quarto lugar. Vale lembrar que ela ainda pode cair posições, uma vez que quatro seleções, entre elas o Brasil, podem superá-las no encerramento na quarta rodada. Já a Colômbia permaneceu com quatro pontos e está em sétimo, fora da zona de classificação para a Copa-2018.


O JOGO
Colômbia e Argentina entraram em campo bem desfalcadas. Os colombianos, além de jogar em casa, ao menos tinha seu principal jogador disponível: James Rodríguez. No entanto, apesar da pressão inicial dos "Cafeteros", foram os argentinos os mais eficientes nos primeiros 45 minutos.

Adotando uma tática bem parecida com a do jogo contra o Brasil, a equipe de Tata Martino se postou bem na defesa e explorou os contra-ataques. Em um deles, após vacilo de Téo Gutiérrez, a Argentina abriu o placar com Biglia, que ainda contou com uma furada do zagueiro Zapata.

O prejuízo só não foi maior para a Colômbia porque Dí María perdeu um chance na cara de Ospina. O único lance de perigo dos colombianos foi em uma falha da defesa argentina, que Bacca preferiu cavar o pênalti a tentar a finalização para o gol de Romero.

Na volta do intervalo a Argentina voltou novamente a rondar a área colombiana. No entanto, não conseguiu materializar uma chance cristalina para fazer o segundo gol. Os colombianos, por sua vez, seguiam sem inspiração, apesar de tentar aumentar a posse de bola e volume de jogo.

Na tentativa de mudar o paronama, Pékerman fez algumas modificações para dar uma nova dinâmica ao time. Contudo, foi a Argentina que até chegou a fazer mais um gol com Dybala, mas a arbitragem marcou um impedimento duvidoso. O atacante ainda acertou a trave de Ospina em outra chance.

No fim, uma vitória merecida da Argentina, que alivia um pouco da pressão e repetiu o mesmo roteiro de 2011, quando também venceu em Barranquilla. Respira aliviado, Tata Martino, que conseguiu um primeiro triunfo e torce para ter força máxima contra o Chile, em março do ano que vem. Já a Colômbia lamenta a segunda derrota em quatro jogos. E terá como prêmio o líder Equador na próxima rodada.

FICHA TÉCNICA:
COLÔMBIA 0 X 1 ARGENTINA


QUARTA RODADA DAS ELIMINATÓRIAS DA AMÉRICA DO SUL
DIA E HORA: 17/11/2015 - 18h30 (de Brasília)
LOCAL: Estádio Metropolitano, em Barranquilla (COL)
ÁRBITRO: Carlos Vera (EQU)
AUXILIARES: Christian Lescano (EQU) E Byron Romero (EQU)
CARTÕES AMARELOS: Zapata e Palacios (COL); Mascherano, Dybala e Lavezzi (ARG)
GOL: Biglia - 19'/1ºT (0-1)

COLÔMBIA: Ospina; Palacios, Zapata, Murillo e Fabra; Mejía (Ramos - 32'/2ºT), David Torres, Macnelly Torres (Muriel - intervalo) e James Rodríguez; Téo Gutiérrez (Cardona - 12'/2ºT) e Carlos Bacca. Técnico: José Pékerman

ARGENTINA: Romero; Mercado (Peruzzi - 33'/2ºT), Otamendi, Funes Mori e Rojo; Biglia, Mascherano e Banega; Lavezzi (Enzo Perez - 40'/2ºT), Higuaín (Dybala - 25'/2ºT) e Dí Maria Técnico: Tata Martino