LANCE!
02/10/2017
10:09
Bayern (ALE)

A cada dia que passa, percebe-se que o clima do vestiário do Bayern de Munique não era dos mais leves. Nesta segunda-feira, a imprensa alemã dá eco a uma declaração polêmica e debochada de Robben direcionada ao técnico Carlo Ancelotti, demitido na última semana. 

Robben teria contestado na direção do clube bávaro que seu filho, na escola, era comandado por um treinador melhor do que o italiano de 58 anos. Além do holandês, Xabi Alonso e Phillipp Lahm também criticaram os métodos de trabalho de Ancelotti junto aos dirigentes. 

O relacionamento conturbado de Ancelotti com alguns jogadores foi decisivo para a queda de Ancelotti, que estava no clube há pouco mais de um ano, quando chegou para substituir Pep Guardiola. O estopim foi a pesada derrotada (3 a 0) diante do Paris Saint-Germain, na última semana, na capital francesa, pela fase de grupos das Liga dos Campeões. 

O Bayern, agora, aproveita a paralisação por conta da data Fifa para recrutar um novo treinador. No domingo último, a equipe foi comandada pelo interino Willy Sagnol, antigo jogador do clube, e ficou no empate em 2 a 2 com o Hertha Berlin, fora de casa, apesar de estar vencendo com dois gols de vantagem. O time é o segundo colocado do Campeonato Alemão, com 14 pontos - cinco a menos que o líder Borussia Dortmund.