LANCE!
22/10/2017
12:29
Rio de Janeiro (RJ)

Pela nona rodada do Campeonato Inglês, o Everton duelou com o Arsenal, na manhã deste domingo, no estádio Goodison Park, em Liverpool. Contando com o apoio da torcida para se distanciar da zona da degola, o Everton sofreu mais derrota na competição nacional, entrou na zona do rebaixamento e está na 18ª colocação, com oito pontos. O Azulão conheceu o quinto revés no certame.

Mesmo atuando fora de casa, o Arsenal conquistou os três pontos na bagagem, venceu de virada os donos da casa por 5 a 2 e aproximou de vez no G4 do Inglês. Com o triunfo, o time londrino passou o Watford na classificação, subiu duas posições na tabela, é o quinto colocado e soma 16 pontos - mesma pontuação do rival Chelsea, mas perde no critério de saldo de gols.

O JOGO
O Arsenal assustou o time da casa logo no primeiro minuto de jogo. Sánchez iniciou o contra-ataque e tocou para Ozil, que achou Ramsey. O galês arriscou de fora da área e viu a bola desviar para fora. Por muito pouco, o Gunners não saiu na frente.

Aos nove minutos, o Arsenal desperdiçou outra chance de inaugurar o marcador. Ramsey cruzou na área e Lacazette dominou a bola, girou e chutou com força. Atento ao lance, o goleiro Pickford fez a defesa no reflexo.

Apesar das chances criadas, o Everton foi quem saiu na frente. Três minutos depois do Arsenal quase abrir o placar, Rooney colocou o time da casa na frente. O camisa 10 mandou uma pancada de fora da área, sem chances para Petr Cech. A fama de carrasco contra o Gunners só aumentou e o atacante já fez 12 gols diante da equipe londrina na Premier League.

Mesmo depois do tento assinalado, o Arsenal não se abalou e quase empatou o embate. Sánchez cobrou falta, Pickford quase se complicou ao soltar a bola, mas conseguiu se recuperar a tempo. De tanto pressionar o Everton, a equipe londrina empatou no fim do primeiro tempo.

Aos 40 minutos, Xhaka chuta de fora da área, Pickford espalmou e o zagueiro Nacho Monreal aproveitou o rebote e deixou tudo igual o confronto. Nos acréscimos, Sánchez teve a chance de virar o jogo, mas o arqueiro adversário impediu o segundo tento assinalado do time visitante.

Na volta para o segundo tempo, o Arsenal seguiu o mesmo ritmo do primeiro tempo e virou o jogo. Aos oito minutos, Sánchez começou o contra-golpe, cruzou na área para o meia Ozil cabecear no canto do goleiro Pickford e colocar o Gunners na frente.

Dois minutos depois da virada, o Gunners quase fez o terceiro. Koscielny cruzou rasteiro e Ramsey pegou mal na conclusão. O Everton perdeu o meia-campista Gueye expulso por ter dado um pisão em Xhaka.

Com um jogador a mais em campo, o Arsenal estava disposto a matar logo o jogo. Aos 29 minutos, Ozil recebeu a bola de Sánchez e rolou para Lacazette. O atacante francês fez o terceiro gol do Arsenal no jogo.

Dez minutos depois, o Gunners quase fez o quarto. Xhaka chutou de fora de área e mandou a bola no travessão. No rebote, o zagueiro Nacho Monreal desperdiçou a oportunidade de marcar um tento dele no jogo.

Aos 45 minutos da partida, o meia Ramsey transformou a vitória do time londrino em goleada. O volante Wilshere tocou para o galês, que dominou e chutou de fora da área. O goleiro Pickford não conseguiu evitar o tento assinalado do Arsenal.

Três minutos depois, o atacante Niasse fez o segundo gol para o Everton no duelo, mas a reação parou por aí. Ainda restou tempo para o chileno Sánchez marcar o dele na partida e o quinto do Gunners no confronto.

Na próxima rodada, o Arsenal pega o Swansea em casa, no próximo sábado (28), no Emirates Stadium. Por sua vez, o Everton visita o Leicester, no próximo domingo (29), na Arena Leicester.