LANCE!
22/02/2016
20:11
Londres (ING)

Arsenal e Barcelona fazem nesta terça-feira o confronto mais esperado das oitavas de final da Liga dos Campeões no Emirates Stadium. O técnico Arsène Wenger jogou o favoritismo para o lado catalão, enquanto Luis Enrique aceitou a condição. Nas entrevistas coletivas, o grande assunto foi o trio formado por Messi, Suárez e Neymar, muito elogiado pelo treinador francês, e Lucho exaltou esta eliminatória.

- Não existe a motivação apenas pelo estádio, que é impressionante, ou pelo rival, que é um dos melhores da Europa. Mas sim pelo tamanho do torneio, e porque temos o objetivo de revalidar o título, e isso traz um grau extra de motivação, que espero que se confirme com uma grande atuação - disse Luis Enrique em entrevista coletiva, para depois comentar sobre o que espera do Arsenal:

- Essa é a pergunta que nos fazemos sempre. Creio que vão estar mais retraídos, ainda que eles também pressionem na frente. Espero ter a bola no campo de ataque.

Do outro lado, Arsène Wenger não escondeu a admiração pelo MSN. O treinador disse que o Barcelona é o time do mundo que chega mais perto da perfeição, mas também garantiu que parar o trio não é algo que tenha uma preocupação maior do que deveria.

- Não me tira o sono a forma de parar este tridente, devemos fazer de maneira coletiva, com muita disciplina e solidariedade. Temos demonstrado ultimamente que temos um bom balanço defensivo e também temos um bom goleiro - disse Wenger.

Para esta partida, o Arsenal tem cinco desfalques. Arteta, Cazorla, Gabriel Paulista, Wilshere e Rosicky não jogam no Emirates Stadium. Özil, Giroud e Campbell são os jogadores que estão pendurados pelos Gunners.

O Barcelona tem dois desfalques. O brasileiro Rafinha, que já vem de uma longa recuperação de uma lesão, e Arda Turan, que vem de uma suspensão ainda desde a época do Atlético de Madrid. Como só foi inscrito nas oitavas de final, está indisponível. Piqué é o único pendurado.

FICHA TÉCNICA
ARSENAL X BARCELONA


Local: Emirates Stadium, em Londres (ING)
Data-hora: 23/02/2016, às 16h45 (de Brasília)
Árbitro: Cüneyt Çakır (TUR)
Auxiliares: Bahattin Duran (TUR) e Tarik Ongun (TUR)

ARSENAL: Cech, Bellerín, Mertesacker, Koscielny e Monreal; Coquelin, Ramsey e Özil; Walcott, Sánchez e Giroud. Técnico: Arsène Wenger
BARCELONA: Ter Stegen, Daniel Alves, Piqué, Mascherano e Jordi Alba; Busquets, Rakitic e Iniesta; Messi, Neymar e Suárez. Técnico: Luis Enrique