RADAR/LANCE!
16/11/2016
00:39
San Juan (ARG) 

Após a boa vitória sobre a Colômbia na noite desta terça-feira, jogadores da Argentina se manifestaram sobre as acusações do jornalista Gabriel Anello, da rádio Súper Mitre Deportivo, de que Lavezzi estaria fumando maconha dentro da concentração. O capitão e camisa 10 Lionel Messi foi o porta-voz do elenco e anunciou que todos os 26 convocados para estas duas partidas não falarão mais com a imprensa. 

- Tomamos a decisão de não falar com a imprensa. A acusação sobre Lazezzi é muito grave. 

- Recebemos muitas acusações, muita falta de respeito e nunca dissemos nada - completou. 


Lavezzi já informou que irá processar o jornalista e tem o apoio do grupo nessa situação. Messi e os outros atletas presentes mantiveram a decisão e finalizaram o comunicado criticando a imprensa nacional. 


- Preferimos estar todos aqui, sem esconder nada e com a cara a tapa.

- Não vamos entrar nesse jogo (falando com a imprensa). Não nos pronunciaremos mais, já disse o suficiente - finalizou o camisa 10.