Cristiano Ronaldo - Real Madrid x Atlético de Madrid

Cristiano Ronaldo pediu desculpas aos companheiros de clube por WhatsApp (Foto: Pierre-Philippe Marcou / AFP)

RADAR/LANCE!
29/02/2016
10:10
Madri (ESP)

Após a enorme repercussão de seu desabafo após a derrota do Real Madrid por 1 a 0 para o Atlético de Madrid, quando disse que alguns companheiros não estavam no seu nível, Cristiano Ronaldo vem tentando contornar a situação. Ciente do problema que criou com sua declaração, o astro português já começou a se retratar com os colegas de time. Segundo o jornal “El Mundo”, desde CR7 está pedindo desculpas aos jogadores merengues via WhatsApp.

A publicação afirma que essa não será a última tentativa de Cristiano Ronaldo de apagar o incêndio. CR7 deve ter uma reunião com o elenco merengue nesta segunda-feira, antes do treinamento no CT de Valdebebas.

Insatisfeito com o desempenho do Real no clássico, CR7 criticou alguns jogadores que estavam substituindo titulares machucados. Ele lamentou não contar com atletas como Bale e Marcelo.

- Se todos tivessem meu nível, estaríamos em primeiro. Todos os anos, segundo a imprensa parece que estou na m... Mas os números e as estatísticas não enganam. Não quero menosprezar ninguém, nenhum companheiro. Mas quando não estão os melhores, Bale, Benzema, Marcelo... É difícil. Não quero dizer que Jesé, que Lucas, que Kovacic não são bons. São bons, mas... - disse o português.

Vendo a proporção que suas palavras tomaram, Cristiano Ronaldo correu para se retratar. Ao jornal “Marca”, ele disse que não se referia ao nível técnico, mas sim ao físico, e que não se sentia melhor do que nenhum companheiro.
Ao “As”, o craque luso disse que foi mal interpretado. Afirmando respeitar todos os companheiros, ele disse que não quis ofender ninguém.

-Interpretaram mal minhas declarações ao fim do jogo. Não estava falando que sou melhor do que os outros. Me referia à parte física e às lesões. Houve desfalques importante no time, como Pepe, Bale, Benzema e Marcelo. E isso nos prejudicou e não nos permitiu jogar no nível que habitualmente temos. Respeito totalmente aos meus companheiros, e jamais quis ofendê-los. Não me acho melhor que ninguém – declarou CR7.