Bruxelas

Bruxelas após os atentados no metrô (Foto: Reprodução/Twitter)

LANCE!
22/03/2016
14:21
Zurique (SUI)

A Uefa já se manifestou após os atentados em Bruxelas nesta terça-feira, que já deixaram mais de 30 mortos na capital da Bélgica. Logo após os ataques, a segurança na Eurocopa deste ano, que será na França, foi colocada em xeque novamente, assim como tinha acontecido em novembro do ano passado, quando o alvo foi Paris. Assim como naquela ocasião, o órgão garantiu novamente a condição.

- Depois dos eventos em Bruxelas, a Uefa deseja reafirmar o comprometimento em manter a segurança no centro do plano organizacional da Eurocopa. A Euro 2016 SAS (Estádio e Segurança) e as partes envolvidas vão continuar o seu trabalho para monitorar o nível de risco - disse a Uefa em comunicado:

- Nos últimos três anos, a Euro 2016 SAS tem trabalhando próxima das autoridades relevantes para desenvolver os mecanismos apropriados para garantir a segurança do torneio.


Três explosões aconteceram na manhã desta terça-feira em Bruxelas, deixando pelo menos 34 pessoas mortes. Dois dos ataques aconteceram no aeroporto de Zaventem, e um outro foi em uma estação de metrô, nas proximidades das instalações da União Europeia na capital belga.