San Lorenzo x Boca Juniors

O Boca viajará apenas em voos comerciais a partir de agora (Foto: Reprodução)

LANCE!
02/12/2016
16:41
Buenos Aires (ARG)

Após a tragédia que matou 71 pessoas na queda do avião que levava a delegação da Chapecoense para Medellín, visando a disputa da final da Sul-Americana, o Boca Juniors anunciou que não fretará mais voos para viajar com sua delegação.

- Não me incomoda muito deixar de voar em voos fretados. Talvez perderemos algum tempo, mas trabalharemos para que isso não aconteça. Falamos sobre isso na quarta à noite sobre esse tema, creio que é o mais conveniente para o Boca. Me parece correta a decisão do Angelici (presidente do clube) de viajar em voos de linha. Nos acomodaremos aos horários - disse o técnico Guillermo Barros Schelotto.

Segundo informações do Diário "Olé", o pedido foi feito pelos próprios jogadores e acatado pela diretoria. A partir de agora, o Boca utilizará apenas voos de linha.

A delegação da Chapecoense foi em um voo comercial até Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, e de lá fretou a viagem para Medellín, na Colômbia, com a companhia LaMia. O avião caiu há poucos minutos do aeroporto e tirou a vida de 71 pessoas, entre elas 19 atletas da Chape.