Francois Hollande

Hollande (à direita) com o presidente da Federação Francesa, Noel Le Graet (Foto: Michel Euler / POOL / AFP)

LANCE!
29/03/2016
12:53
Paris (FRA)

A Eurocopa de 2016 está mantida. É o que garante o presidente da França, François Hollande. O governante disse nesta terça-feira que não cogitou suspender a competição nem depois dos atentados a Paris, em novembro do ano passado, e nem depois dos ataques a Bruxelas, na última semana. Os gauleses serão os anfitriões do torneio, que será disputado de 10 de junho a 10 de julho.

- Nunca pensamos nem em atrasar e nem em suspender a Eurocopa - afirmou o presidente, durante uma visita ao Instituto Nacional do Esporte da França.

Segundo Hollande, a realização da Eurocopa tem de representar 'uma forma de resposta ao ódio, à divisão, ao medo e ao horror'. O presidente garantiu ainda que serão aplicadas todas as medidas de segurança necessárias para a disputa da competição.

É a primeira vez que Hollande fala sobre a realização da Eurocopa após os ataques terroristas a Bruxelas, no dia 22 de março, que deixaram ao menos 35 mortos e mais de 300 feridos.

Francois Hollande
Hollande garantiu a Eurocopa (Foto: Michel Euler / POOL / AFP)

A França, por sua vez, foi alvo dos ataques dos extremistas do Estado Islâmico no dia 13 de novembro. Três terroristas suicidas atacaram o Stade de France, que estava lotado - e com a presença de Hollande. Na ocasião, França e Alemanha disputavam um amistoso.

Além dos ataques ao estádio, terroristas invadiram a boate Bataclan e um restaurante na capital francesa. No total, mais de 130 pessoas morreram.