LANCE!
05/02/2017
20:45
Manchester (ING)

A ascensão meteórica de Gabriel Jesus no Manchester City contrasta com o momento do argentino Sergio Agüero no time. O brasileiro entrou justamente na vaga do companheiro, que ficou no banco nas duas últimas partidas. Neste domingo, na vitória por 2 a 1 sobre o Swansea, entrou somente aos 37 minutos do segundo tempo.

Com contrato até 2020 com os Citizens, Agüero não garantiu permanência no clube até o fim do contrato.

- Não, eu não quero sair. Eu tenho que ajudar o time o máximo que eu puder nesses três meses. Depois, nós veremos o que o clube quer de mim. Meu contrato tem mais três anos, é por isso que eu digo que estou feliz no clube. Nesses três meses que restam na temporada eu tenho que ajudar o clube e, como eu disse, o clube decidirá se tenho um lugar aqui ou não - disse o argentino.

Agüero fez questão de elogiar Gabriel Jesus e afirmou que vai brigar para reconquistar o seu espaço no clube.

Manchester City x Swansea - Gabriel Jesus
Gabriel Jesus fez dois gols neste domingo (Foto: PAUL ELLIS / AFP)

 Às vezes isso acontece. Quando você está no banco, tem que esperar pela oportunidade. Eu tenho três meses para fazer o meu melhor e tentar ajudar o time e veremos o que acontece com o meu futuro. Gabriel Jesus é um grande jogador. É jovem, mas ele aprenderá muito no City e tem um grande futuro no clube - disse Agüero, que segue como artilheiro da equipe na temporada, com 18 gols.


Técnico do City, Pep Guardiola terá que achar um espaço para Agüero no time, mas reconheceu que gostou do trio de ataque formado por Gabriel Jesus, Sterling e Sané, que foi bem nas duas últimas partidas.

- Não tem sido fácil para Sergio, mas têm cinco jogadores na posição dele e ele permanece como um dos mais importantes jogadores do elenco. Ele jogará com ou sem Gabriel, mas hoje decidi ficar com os três da frente porque eles jogaram muito bem contra o Palace e West Ham. A reação dele ao não começar jogando hoje foi perfeita. Não se preocupem com isso. É difícil deixar jogadores como Bravo, Fernando, Otamendi e Kelechi fora porque eles todos merecem jogar - admitiu o treinador.

Na próxima rodada, o Manchester City encara o Bournemouth, na segunda-feira, dia 13 de fevereiro, fora de casa. Os Citizens estão em terceiro no Campeonato Inglês, com 49 pontos.