O Brasil vence a Argentina por 2 a 0 na China. Messi teve a chance de marcar em um pênalti, defendido por Jefferson

Messi passou em branco no último encontro com a Seleção, em 2015 (Foto: FRED DUFOUR/AFP)

RADAR/LANCE!
27/06/2016
20:25
Rio de Janeiro (RJ)

Messi deixou o mundo do futebol em choque com o anúncio do afastamento da seleção argentina. A frustração por mais um fracasso com a camisa albiceleste no currículo, após a derrota para o Chile na Copa América Centenário, deixa uma outra lacuna em aberto para o craque argentino, justamente diante do maior rival: a Seleção Brasileira.

Desde que teve a primeira chance na seleção principal, Messi encarou o Brasil em sete oportunidades entre amistosos, Eliminatórias e Copa América. E o saldo é bem negativo: quatro derrotas, sendo dois vice-campeonatos (Copa América 2007 e Superclássico das Américas 2014), um empate e duas vitórias.

Curiosamente, os dois triunfos aconteceram justamente quando Messi entrou em ação. No amistoso realizado em Doha (QAT), em 2010, o triunfo argentino saiu dos pés do camisa 10 no fim do jogo e quebrou um jejum de cinco anos sem triunfo diante do rival. A segunda, novamente em amistoso, agora nos Estados Unidos, em 2012, quando ele foi decisivo mais uma vez ao marcar três dos quatro gols do triunfo por 4 a 3. Vale ressaltar que o time brasileiro, comandado na época por Mano Menezes, era olímpico, mas contava com Neymar, por exemplo.

No geral, contudo, Messi tem muito o que lamentar. A estreia em um dos clássicos de maior rivalidade do mundo aconteceu em 2006, amistoso em Londres, e chocolate verde e amarelo (3 a 0). O cenário e placar se repetiu um ano depois na final da Copa América, realizada na Venezuela. Em 2008, o único empate, em um 0 a 0 no Mineirão. Na volta, em 2009, em Rosário, sua cidade natal, o camisa 10 viu novo show da Seleção no triunfo por 3 a 1.

O último encontro aconteceu no segundo semestre de 2014, na terceira edição do Superclássico das Américas. No seu possível último jogo contra o Brasil, Messi perdeu um pênalti, assim como aconteceu contra o Chile, e a Seleção venceu com dois gols de Diego Tardelli. Mais um vice para conta.

Um dado curioso: o técnico dos quatro triunfos brasileiros diante de Messi foi Dunga, recentemente demitido do comando da Seleção após o fracasso na mesma Copa América Centenário. Já as duas vitórias de Messi ocorreram sob a batuta de Mano Menezes.

A RELAÇÃO DE JOGOS DE MESSI CONTRA O BRASIL:
Brasil 3 x 0 Argentina, amistoso em Londres, (03-09-2006)
Brasil 3 x 0 Argentina, final Copa América, ( 15-07-2007)
Brasil 0 x 0 Argentina, Eliminatórias, (18-06-2008)
Brasil 3 x 1 Argentina, Eliminatórias, (05-09-2009)
Brasil 0 x 1 Argentina, amistoso em Doha, (17-11-2010) - 1 GOL
Brasil 3 x 4 Argentina, amistoso nos Estados Unidos, (09-06-2012) - 3 GOLS
Brasil 2 x 0 Argentina, Superclássico das Américas,  (11-10-2014)