LANCE!
29/01/2016
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

Apesar das batalhas nos bastidores e de queda de relevância há algumas temporadas, o Campeonato Carioca deste ano promete fortes emoções. E o que podem esperar os torcedores de Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco? O LANCE! montou um guia especial para esquentar a competição, que começa neste sábado, e repórteres deram notas para diversos atributos das equipes. Veja tudo abaixo!

> AS FORÇAS DOS TIMES

Botafogo estrelas
Jefferson recebeu nota máxima. Restante do time tem fragilidades

* Analisado por Diego Lopes, repórter responsável pela cobertura do clube

> Goleiro:
Jefferson é ídolo do clube, que está muito bem servido na posição.
> Defesa: É um setor que tem jogadores medianos, mas com potencial.
> Laterais: Setor formado basicamente por apostas.  
> Meio-campo: É o mais fraco dos grandes do Rio. Também é cheio de apostas
> Ataque: É a posição mais carente do time. Conta com dois garotos e Neilton. 
​> Técnico: Fez um bom trabalho no ano passado, porém, precisa provar mais.
> Fator casa: Perdeu o Estádio Nilton Santos. Até resgatou o Caio Martins, mas com uma capacidade baixa. (Cerca de 5 mil lugares)

Flamengo estrelas
Parte ofensiva do time tem qualidade, mas defesa não é das melhores

* Analisado por João Matheus Ferreira, repórter na cobertura do clube

> Goleiro:
Paulo Victor começa como titular, mas terminou 2015 instável.
> Defesa: A diretoria busca reforços para o setor. A zaga é a parte mais crítica.
> Laterais: Rodinei ainda se adapta e Jorge ainda amadurece aos poucos.
> Meio-campo: Se encaixar, tem tudo para ser o ponto forte em 2016.
> Ataque: Não vive fase tão boa, mas Sheik e Guerrero são nomes respeitáveis.
​> Técnico: Renovado, Muricy tenta encaixar uma nova filosofia no Flamengo.
> Fator casa: Não terá o Maracanã, mas a torcida deve seguir ao lado do time.

Fluminense estrelas
Conjunto tricolor é qualificado. Apenas as laterais deixam dúvidas

* Analisado por Patrick Monteiro, repórter responsável pela cobertura do clube

> Goleiro:
Diego Cavalieri transmite segurança.
> Defesa: Foi um setor que ganhou a atenção da diretoria, ficando mais forte.
> Laterais: Ainda uma incógnita, com jogadores contestados.
> Meio-campo: Com Diego Souza em alta, dará trabalho aos rivais.
> Ataque: Sempre liderado por Fred, a grande esperança de gols.
​> Técnico: Eduardo Baptista segue credenciado pelo ótimo trabalho no Sport.
> Fator casa: Vai perder um pouco de peso, sem o Maracanã.

Vasco estrelas
São Januário não fechou para a Rio-2016, fato ótimo para o time

* Analisado por Matheus Babo, repórter responsável pela cobertura do clube

> Goleiro:
 Martin Silva é absoluto. Reservas foram bem na pré-temporada.
> Defesa: Entrosamento de Rodrigo e Luan é a aposta do clube para 2016.
> Laterais: Madson é o titular na direita e Julio Cesar será mantido na esquerda.
> Meio-campo: Nenê é o cara do time. Mateus Pet se destacou nos treinos.
> Ataque: Setor mais carente do elenco. Camisa 9 ainda é procurado.
​> Técnico: Jorginho conhece o elenco e terá tempo para trabalhar neste ano.
> Fator casa: Único dos grandes que tem estádio próprio para o Carioca.

* 5 estrelas: excelente; 4: bom; 3: regular; 2: ruim; 1: péssimo
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

> A TABELA DO CARIOCA

Clique aqui para abrir em nova aba

> DUELO ESPECIAL


> PALPITÃO DOS ESPECIALISTAS

* Alvaro Oliveira Filho, colunista do LANCE!
Campeão:
Flamengo
Vice: Fluminense

"Flamengo tem o melhor conjunto técnico/elenco. Muricy começou o trabalho agora, está conhecendo melhor os jogadores e tem condições de fazer o time evoluir. Fluminense manteve uma equipe forte e fez contratações importantes, mas Eduardo Baptista continua com dificuldades para encontrar um equilíbrio entre defesa e ataque. Vasco entra com um bom time, mas ainda carente de um artilheiro e depende muito de Nenê. Botafogo pode até surpreender, mas começa como azarão."

* Carlos Alberto Vieira, editor do LANCE!
Campeão: Vasco
Vice: Botafogo

"Flamengo e Fluminense não estão com o foco no Estadual. O Vasco, por ter uma base mais consistente e por tudo o que foi mostrado na reta final do Brasileirão de 2015, pinta como o candidato a ser batido."

* Eduardo Tironi, colunista do LANCE!
Campeão: Vasco
Vice: Botafogo

"Aposto na repetição do que ocorreu em 2015 pelo fato de Flamengo e Fluminense estarem rompidos com a Ferj e ainda voltados à Primeira Liga. Vasco, aliado da Ferj e agora com um time mais ajustado, é o meu favorito."

* Humberto Peron, colunista do LANCE!
Campeão:
Vasco
Vice: Botafogo

"O Estadual vai servir para o Vasco tentar dar a volta por cima após o rebaixamento no Brasileiro. Mesmo com time de segunda classe, a equipe de Jorginho surge como favorita em um torneio que deve ter um baixo nível técnico, principalmente se a dupla Fla-Flu cumprirem a promessa de deixar o Carioquinha de lado. Montando um time ruim também, o Botafogo, mais pela tradição da camisa, deve ser o principal rival do Vasco."

* João Carlos Assumpção, colunista do LANCE!
Campeão: Botafogo
Vice: Vasco


"Diante da briga com a Federação do Rio e do descaso de Flamengo e Fluminense com o Estadual, acho que Botafogo e Vasco são os favoritos. Entre os dois vejo ligeiro favoritismo do primeiro, que para mim tem um time um pouco mais consistente, apesar da reação vascaína no final do Brasileirão do ano passado. Mas não acho que aquela reação seja algo que se mantenha no início da temporada."

* José Luiz Portella, colunista do LANCE!
Campeão:
Fluminense
Vice: Flamengo

"O Fluminense organizou o time na surdina, gerando menos expectativas. Se Fred jogar nas partidas decisivas, terá um time forte comparado aos outros. O único que deve fazer frente é o Flamengo. Mas como o Rubro-Negro trouxe muitos reforços, deve demorar mais para acertar o time. Além de ser mais cobrado pela sua torcida. Na montagem de um time, a cobrança tende a aumentar a ansiedade. E os erros."

* Roberto Assaf, colunista do LANCE!
Campeão: Vasco
Vice: Flamengo

"O Estadual de 2016 é o do "se". Se Botafogo e Vasco não levarem vantagens absurdas por suas alianças com a Federação, e se Flamengo e Fluminense resolverem deixar de lado essa Primeira Liga, que é absolutamente desprezível, e derem importância ao campeonato do Rio, a competição poderá ganhar algum brilho. Se os torcedores não deixarem se impregnar pelo blá-blá-blá de cartolas e da mídia, que costumam dizer que o Estadual "não vale nada", todos ganharão. É questão de valorizar os clássicos e lembrar que os pequenos, no papel de coadjuvantes, podem tirar pontos preciosos dos grandes, tornando o campeonato mais rentável. Se nada disso ocorrer, o Estadual será um fiasco. Caso contrário, ou seja, se todos os "se" forem adiante, poderá se tornar interessante."

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

> TABELA DOS CLÁSSICOS

*
14/2 - Vasco x Flamengo, em São Januário - 4ª rodada da 1ª fase
* 21/2 - Fluminense x Flamengo, em local indefinido - 5ª rodada da 1ª fase
​* 24/2 - Botafogo x Fluminense, em local indefinido - 6ª rodada da 1ª fase
* 28/2 - Vasco x Botafogo, em São Januário - 7ª rodada da 1ª fase

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

> DE OLHO NOS TIMES DE MENOR INVESTIMENTO
Por Vinicius Faustini, repórter do LANCE!​

"As apostas no atacante Souza e no meia Jéferson fazem o Madureira pintar como a equipe mais difícil para os grandes do Rio de Janeiro enfrentarem, seguida de Volta Redonda e Bangu. Já a Cabofriense e o Macaé, que trouxeram um pacotão de reforços, terão dificuldades para formar suas equipes com o Estadual em andamento."