Thiago Ferri
28/01/2016
07:45
São Paulo (SP)

Campeão da Copa do Brasil e com o elenco fortalecido, o Palmeiras começa o Campeonato Paulista neste domingo, fora de casa, contra o Botafogo, às 19h30, animado para evitar um jejum de oito anos sem o título estadual (veja nas fotos o desempenho do Verdão nos últimos dez anos na competição). De quebra, o torneio servirá para que o time se acerte para a disputa do grande objetivo do ano, a Copa Libertadores.

Apesar de contratações promissoras, Marcelo Oliveira tem preferido manter a estrutura do ano passado. O esquema ainda é o 4-2-3-1 e, por enquanto, a única mudança é a entrada de Edu Dracena, que vai começar a competição no departamento médico, na vaga deixada por Jackson. O camisa 3 será o parceiro de Vitor Hugo no decorrer do ano.

Do meio para frente, os titulares ainda são Arouca, Matheus Sales, Robinho, Dudu, Gabriel Jesus e Barrios, como na final da Copa do Brasil. A principal diferença em relação ao time que ganhou a final, porém, é que agora a competição por uma vaga tornou-se mais acirrada.

Palmeiras-2016
Time base do Palmeiras para 2016

Durante a passagem pelo Uruguai, Moisés e Erik já chegaram a trabalhar no time principal e Régis chamou a atenção nos treinos. Jean, ainda recuperando a forma física, será mais um a trazer "dor de cabeça" para o técnico Marcelo Oliveira. Com oito reforços, o Verdão não espera sofrer com lesões como foi em 2015 (Dracena, Cleiton Xavier e Rodrigo já sofreram na preparação), além de ter um grupo que dá a Marcelo novas possibilidades para a equipe.

Até por isso, a lesão de Cleiton Xavier, que não joga desde agosto, não tirou o sono do comandante, que a partir de fevereiro ainda terá a volta de Gabriel, um dos destaques do time no ano passado até lesionar o joelho esquerdo. Alecsandro, que fez bons treinos, Allione, que teve sua saída para o Rosario Central vetada, e Rafael Marques, de contrato renovado após longa novela, são outros reservas que serão úteis.

O Verdão, atual vice-campeão paulista, começa a temporada tranquilo e organizado como há algum tempo não se via. O elenco, diferentemente de 2015, já está montado durante a pré-temporada. Com tantos elogios, o Palmeiras será, consequentemente, cobrado para corresponder à expectativa que se gerou. E o Paulista será seu primeiro grande teste.

OS REFORÇOS PARA 2016:

OLHO NELE: Dudu
Nome: Eduardo Pereira Rodrigues
Posição: Atacante
Naturalidade: Goiânia/GO
Nascimento: 07/01/1992
Altura: 1.66m
Camisa: 7
Jogos: 58
Gols: 16

Dudu
(Foto: César Greco/ Fotoarena)

Principal reforço de 2015, Dudu, após um início turbulento fez valer a disputa vencida contra os rivais Corinthians e São Paulo. Autor dos dois gols na final da Copa do Brasil, o camisa 7 terminou o último ano como o artilheiro palmeirense, com 16 gols, além de ter dado 12 assistências. Neste início de temporada, o explosivo atacante tem atuado centralizado no meio de campo e é um dos grandes nomes do Palmeiras.

OPINIÃO DO EDITOR:
​"A primeira fase do Paulistão não deixa de ser uma extensão da pré-temporada e o Palmeiras tem elenco para encarar o Estadual e a Libertadores, que começa em 16 de fevereiro para o clube, com intensidade. É obrigação passar da primeira fase e, depois, ver qual será a prioridade diante do que o calendário apresentar. Meio e ataque estão bem servidos. O problema da montagem do elenco são as opções para zaga, pouco confiáveis com Vitor Hugo, o melhor da posição, já sofrendo problemas físicos  e Dracena, contratado, já machucado. Mesmo assim, o Palmeiras joga o Estadual com força para buscar o 23º título"
Por Thiago Salata, editor do LANCE!

placeholder