Levir Culpi - Cruzeiro x Fluminense

Levir Culpi não é mais o técnico do Fluminense (Foto: Dudu Macedo Agência Lancepress!)

LANCE!
06/11/2016
19:36
Rio de Janeiro (RJ)

A derrota por 4 a 2 do Fluminense neste domingo, para o Cruzeiro no Mineirão, custou o emprego do técnico Levir Culpi. O anúncio foi feito pelo presidente Peter Siemsen após a partida. A decisão do mandatário acontece seis dias após uma reunião entre ele próprio e o ex-treinador do Tricolor das Laranjeiras.

Na última segunda-feira, em treino no CT Pedro Antônio Ribeiro da Silva, Peter Siemsen deu um "voto de confiança" ao treinador, e afirmou que viu vontade no comandante e no elenco tricolor em terminar a sequência negativa do Flu.

- Meu papel hoje foi cobrar e, dentro da cobrança, observar o que cada um tem de confiança. Precisava sentir no Levir (Culpi) e nos atletas essa vontade. Isso senti. Essa vontade se mostrou muito forte hoje. Acredito que os erros sejam corrigidos e possamos ter grandes resultados - comentou o presidente tricolor na última segunda-feira, no dia 31 de outubro, na Barra da Tijuca.


Há dois dias, na sexta-feira, Levir Culpi deu sua versão sobre a reunião com Peter Siemsen, e elogiou a relação que tem com todos no Flu. Para o técnico, sempre houve "assistência da diretoria à comissão técnica", mas, experiente, afirmou que desejava terminar o Campeonato Brasileiro no Tricolor, e deu a entender que não se surpreenderia com uma demissão antes do fim do ano.

- Minha ideia é completar o campeonato. Isso é a minha cabeça, sou o único a pensar na minha cabeça. Se os outros pensarem diferente não sei exatamente o que vai acontecer. Não tenho planos para o futuro. Acho uma coisa muita engraçada. Quando você menos espera, você recebe um convite para ser demitido - comentou Levir Culpi na sexta-feira, após treino do Flu no CT.