LANCE!
09/02/2018
14:18
Rio de Janeiro (RJ)

Vida de jogador não é fácil. Pelo menos, não até chegar à elite do futebol. E Richard sabe bem disso: rodou durante anos por clubes de pequeno porte no interior de São Paulo, até chegar no Fluminense ao ser envolvido em negociação pelo atacante Robinho. O contrato era até o fim do Carioca, mas após boas exibições foi comprado pelo clube. A assinatura do contrato de quatro anos emociona o jogador e também sua família.

- É uma felicidade imensa. Ontem conversei com minha mãe sobre essa situação e fiquei até um pouco emocionado, porque ela falou que dava vontade de chorar, por tudo que a gente passou. Ela lembrou alguns momentos que eu pedia dinheiro emprestado para ela. Por tudo que já passei, pelos momentos que meus pais me acompanharam, foi muito especial tanto para mim quanto para minha família - revela Richard.

​Com apenas 23 anos, Richard pensou em alguns momentos que não daria certo no futebol. Fez 'bicos', por exemplo, em mercados e até com carga e descarga de caminhão. Hoje, agradece ao futebol por conseguir dar um futuro melhor para os familiares.

- Mudou bastante minha vida. Financeiramente, principalmente. O futebol é um ramo hoje que tira muita gente desse sufoco, né? A situação financeira é bem diferente. Cheguei a tentar várias vezes em clubes de menor expressão, e quando não chegava a oportunidade, me virava de outras formas.