icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/08/2015
08:02

Já é lugar comum no futebol dizer que para disputar uma competição tão longa e difícil como o Campeonato Brasileiro é preciso ter elenco. Ciente disso, o técnico Enderson Moreira vem dando oportunidades – por lesões ou suspensões – para alguns jogadores no Fluminense. E o resultado tem agradado, já que esses jogadores que estão entrando no time vêm demonstrando que também merecem espaço, se destacando e até decidindo jogos para o Tricolor.

Na última quinta-feira, na vitória por 2 a 1 sobre o Paysandu, o lateral-direito Renato e o atacante Magno Alves saíram do banco e marcaram os gols que deram a vantagem para o Flu na Copa do Brasil.

Além disso, o goleiro Júlio César, substituto de Diego Cavalieri, foi um dos destaques do time, ao evitar que o Paysandu virasse o jogo com contra-ataques no segundo tempo, quando o Flu pressionava.

– Eu acho que é sempre motivo de oportunidade. Não gosto de lamentar muito jogador que sai por algum motivo. Gosto de enaltecer, motivar e dar valor aqueles atletas que estão entrando. Só conseguimos bons resultados se tivermos jogadores qualificados. Lógico que nós gostaríamos de ter todos à disposição, pois existe a dificuldade de entrosamento, mas é difícil isso ser possível. É momento de parabenizar os que tiveram oportunidade e foram bem.

Para o jogo diante do Joinville, amanhã, em Santa Catarina, Enderson deve ter desfalques importantes. O goleiro Diego Cavalieri e o atacante Osvaldo ainda tratam uma lombalgia e um problema na posterior da coxa esquerda, respectivamente. Além deles, Ronaldinho Gaúcho deve ser poupado. Fred e Wellington Silva ainda serão reavaliados até hoje pela manhã para saber se terão condições de viajar com o grupo.

Se os problemas são muitos, os reservas de Enderson Moreira já mostraram ao treinador que ele pode confiar no banco tricolor.

Já é lugar comum no futebol dizer que para disputar uma competição tão longa e difícil como o Campeonato Brasileiro é preciso ter elenco. Ciente disso, o técnico Enderson Moreira vem dando oportunidades – por lesões ou suspensões – para alguns jogadores no Fluminense. E o resultado tem agradado, já que esses jogadores que estão entrando no time vêm demonstrando que também merecem espaço, se destacando e até decidindo jogos para o Tricolor.

Na última quinta-feira, na vitória por 2 a 1 sobre o Paysandu, o lateral-direito Renato e o atacante Magno Alves saíram do banco e marcaram os gols que deram a vantagem para o Flu na Copa do Brasil.

Além disso, o goleiro Júlio César, substituto de Diego Cavalieri, foi um dos destaques do time, ao evitar que o Paysandu virasse o jogo com contra-ataques no segundo tempo, quando o Flu pressionava.

– Eu acho que é sempre motivo de oportunidade. Não gosto de lamentar muito jogador que sai por algum motivo. Gosto de enaltecer, motivar e dar valor aqueles atletas que estão entrando. Só conseguimos bons resultados se tivermos jogadores qualificados. Lógico que nós gostaríamos de ter todos à disposição, pois existe a dificuldade de entrosamento, mas é difícil isso ser possível. É momento de parabenizar os que tiveram oportunidade e foram bem.

Para o jogo diante do Joinville, amanhã, em Santa Catarina, Enderson deve ter desfalques importantes. O goleiro Diego Cavalieri e o atacante Osvaldo ainda tratam uma lombalgia e um problema na posterior da coxa esquerda, respectivamente. Além deles, Ronaldinho Gaúcho deve ser poupado. Fred e Wellington Silva ainda serão reavaliados até hoje pela manhã para saber se terão condições de viajar com o grupo.

Se os problemas são muitos, os reservas de Enderson Moreira já mostraram ao treinador que ele pode confiar no banco tricolor.