LANCE!
18/05/2017
16:31
Rio de Janeiro (RJ)

O lateral Renato retornou ao Fluminense em janeiro após empréstimo ao Avaí e viu o clube trazer Lucas para assumir a camisa 2. Mesmo na reserva, o jogador disputou 11 partidas em 2017, a última delas, na noite de ontem. Por problemas físicos, o titular ficou no banco e o alagoano de 27 anos ganhou novo oportunidade na Copa do Brasil. Foi o jogo de número 200 da carreira.

- Fico feliz por alcançar essa marca tão legal. Claro que senti um pouco a falta de ritmo de jogo, mas é normal. Consegui apoiar bem, cheguei na frente, finalizei. É motivo de orgulho para mim completar essa marca defendendo um clube tão grande como o Fluminense - disse o jogador.

O Fluminense, no entanto, é o clube em que menos jogou, 31 partidas no total. Tirando o Corinthians-AL, do qual fez apenas uma partida como profissional em 2009, o lateral também passou por ABC (40), Sport (74) e Avaí (54).

Um dos trunfos para ter mais tempo em campo no Tricolor é a polivalência. Sem reservas de origem na lateral-esquerda, o camisa 16 se ofereceu para 'quebrar galho' na posição. Além dele, o meia-atacante Calazans também aparece como opção, e o jovem Mascarenhas, do sub-20, deve subir aos profissionais nas próximas semanas.