Renato Chaves, ao fundo, só foi titular do Flu uma vez no Brasileiro (Foto: Nelson Perez/Fluminense)

Renato Chaves, ao fundo, durante jogo do Fluminense  (Foto: Reprodução - Fluminense)

RADAR/LANCE!
29/07/2016
16:01
Rio de Janeiro (RJ)

Renato chaves é uma das opções que tem o técnico Levir Culpi para a defesa do Fluminense. O atleta, apesar de não ter tido tantas oportunidades, conseguiu se destacar quando esteve em campo. Diante disso, especialistas do LANCE! comentaram sobre o setor defensivo do Flu, que neste Campeonato Brasileiro, sofreu 16 gols e é a segunda melhor defesa da competição, atrás do Corinthians. Confira!

RAFAEL PEREIRA - Editor do LANCE!

Mesmo ocupando a 12ª posição no Brasileiro, o Fluminense apresenta uma das defesas mais estáveis da competição. Em 16 jogos, a equipe de Levir levou 16 gols, ou seja, são apenas quatro a mais que o Corinthians, dono da melhor defesa. E esses números se devem e muito aos zagueiros Gum e Henrique. A dupla encaixou e vem mostrando que na parte de trás, o Flu está bem servido. Renato Chaves tem qualidade, mas não é o momento para mudar.
O problema do Fluminense hoje é o ataque e o setor de criação. Levir precisa repensar na frente, pois somente assim o Tricolor vencerá seus jogos e conseguirá lutar na parte de cima da tabela.

HUGO MIRANDELA -  Repórter do LANCE!

O Renato Chaves vem aproveitando as poucas oportunidades no time do Fluminense. Ele foi muito bem contra o Ypiranga-RS e ainda deu o passe para o Cícero abrir o placar em um jogo difícil. Acho que pode ter mais oportunidades, até para dar um descanso para Henrique, que atuou em todos os jogos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. Apesar de reserva e quase não jogar, Renato tem a confiança do técnico Levir Culpi. O treinador elogiou muito o jogador e diz que ele tem nível para ser titular da equipe.

CARLOS ALBERTO VIEIRA - Editor do LANCE!

Embora Levir elogie Renato Chaves, Henrique e Gum são os titulares. O que ocorreu foi que Renato Chaves entrou bem nos dois últimos jogos. Mas ele não deu, podemos dizer, muita sorte. Se Renato substituísse o Henrique, que anda questionado, teria se aproximado um pouco mais da titularidade. Mas ele entrou no lugar do Gum, que é um dos homens de confiança de Levir e que hoje só sai da equipe titular em situação de lesão ou suspensão. Em resumo. A briga do Chaves, neste momento, é com o Henrique. E hoje Henrique é o parceiro que Levir julga o ideal para formar a zaga com Gum.