LANCE!
13/11/2016
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

Gustavo Scarpa começou o ano na sombra de Fred e Diego Souza, principais nomes do Fluminense. No entanto, aos poucos, principalmente após a saída dos dois, o jovem assumiu o papel de protagonista da equipe com grandes atuações. Para comprovar o bom ano, o meia está perto de conseguir um duplo-duplo no Brasileirão, ou seja, alcançar dois dígitos em gols e assistências.

Para chegar ao feito, falta Gustavo Scarpa balançar a rede adversária mais duas vezes. No momento, ele tem oito gols e dez assistências. O camisa 10 poderia estar mais perto da marca, mas perdeu pênalti no empate com o Atlético-PR, em 1 a 1, nesta terça. Assim, ele é o vice-artilheiro do time na competição, atrás de Cícero, e o jogador que mais deixou os companheiros na boa para marcar.

Para se ter ideia da dificuldade deste feito, apenas Jadson conseguiu um duplo-duplo no Brasileiro em 2015. Ao todo, ele marcou 13 gols e deu 13 assistências, ajudando o Corinthians a ser campeão. Além disso, ele acabou entrando na seleção do campeonato como um dos melhores meias da competição.

A importância de Scarpa para o Fluminense não se deve só aos seus números. Ele é o motorzinho da equipe no Brasileirão. Nas partidas, as principais jogadas nascem dos seus pés. Ele também é o responsável pelas cobranças de bola parada, de onde saíram alguns de seus gols e suas assistências.

Com as boas atuações pelo Fluminense, Scarpa chegou até a ser cogitado na lista da Seleção Brasileira para a Olimpíada no Rio de Janeiro. Ele chegou a ser convocado para alguns amistosos do time de Rogério Micale durante o período de preparação. Porém, acabou ficando de fora do Rio-2016. No entanto, o meia não se abateu. A partir desse período, apresentou seu melhor futebol no Flu.

Agora, restam apenas três partidas para Gustavo Scarpa conseguir o feito do dupl-duplo. Fluminense enfrenta Ponte Preta e Figueirense nas próximas duas rodadas do Campeonato Brasileiro, ambas fora de casa, e fecha a competição diante do Internacional, no dia 4 de dezembro, no Estádio do Maracanã.