LANCE!
12/06/2018
07:30
Rio de Janeiro (RJ)

Na última rodada antes da paralisação para o Campeonato Brasileiro, o Fluminense encara o Santos no Maracanã. Uma volta à casa que pode ser providencial para a equipe tricolor afastar a fase pela qual passa na competição. Nas últimas quatro rodadas, os comandados de Abel Braga atuaram longe do Rio de Janeiro e conquistaram apenas um ponto, no empate com o Grêmio. No restante, foram três derrotas, para Paraná, em Curitiba, Flamengo, no clássico que aconteceu em Brasília, e para o Atlético-MG, em Belo Horizonte.

Essa queda de rendimento fez com que o Tricolor despencasse na tabela de classificação do Brasileirão. Da vice-liderança e o sonho de uma vaga na Libertadores até o 11º lugar e o sinal de alerta ligado. O desgaste físico e os desfalques pesaram.

- A gente estava em um momento bom. Sabíamos que a sequência fora de casa seria muito difícil, que precisávamos pontuar. Infelizmente, não conseguimos. Não adianta ficar se lamentando, não pegamos qualquer adversário. Precisamos pensar no que vínhamos errando. Temos um jogo importante em casa - avaliou Ayrton Lucas.

O rendimento ruim fora de casa colocou o Fluminense como o segundo pior visitante desse Brasileiro, atrás apenas do Bahia e empatado com Paraná e Chapecoense no número de derrotas longe de seus domínios. Se somar com o duelo contra o Flamengo, que era mando do Flu, mas aconteceu em Brasília, o número sobe para cinco derrotas e aí a equipe das Laranjeiras empata com o time baiano. 

A campanha já é inferior a do ano passado. Na última temporada, o time de Abel Braga somava 16 pontos (contra 14 de 2018) e estava fora do G6 apenas pelos critérios de desempate com o Vasco. O número de gols feitos é menor e o de sofridos é maior.