Atlético-PR x Fluminense

O Fluminense perdeu para o Atlético-PR na última rodada do Brasileiro (Foto: Nelson Perez/Fluminense)

LANCE!
26/07/2016
19:31
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense ocupa atualmente a 12ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro, com 21 pontos, quatro do Botafogo, primeiro na zona de rebaixamento e oito do Santos, último dentro do G4. Recentemente, Levir Culpi demonstrou otimismo e disse que seu time pode brigar por vaga na Libertadores.

Na última rodada, o Flu perdeu para o Atlético-PR por 1 a 0 na Arena da Baixada e ainda esbarra em sua falta de regularidade para subir no Brasileirão.

Luiz Signor, repórter do LANCE!

- O Fluminense precisa, em um primeiro momento, ser um time mais regular, que não oscile tanto. A atuação diante do Cruzeiro, por exemplo, foi boa, garantindo certa esperança ao torcedor. Já contra o Atlético-PR, o time deixou (e muito) a desejar.

Com o ingresso de alguns dos reforços no time titular, a tendência é que Levir consiga encontrar uma equipe ideal e, com isso, fazer o Fluminense se afastar da zona de rebaixamento. Com Scarpa voltando de lesão e o ingresso de alguns dos reforços no time titular (Marquinho, Danilinho e Henrique Dourado), o Fluminense pode brigar para ficar entre os oito.

G4 é algo distante até mesmo com os reforços. Palmeiras, Corinthians, Grêmio e Santos possuem times "prontos". Isso sem contar outros, como Flamengo e Atlético-MG, que atravessa momentos melhores. Faltam muitas rodadas, o Brasileirão ainda não passou da metade, mas a mudança precisaria ser radical para que que buscar uma vaga na Libertadores via Brasileirão seja algo viável.

André Kfouri, colunista do LANCE!

- Ao que parece, nenhuma coisa e nem outra. Apesar das pretensões habituais de um clube do porte do Fluminense, o desempenho do time sugere uma posição ao redor do meio da tabela. Será surpreendente se correr risco de rebaixamento, assim como se brigar por um lugar entre os quatro melhores. Em tese, os reforços podem ajudar a manter a regularidade do time. Mas montar elenco "durante o voo" é uma das grande dificuldades de um campeonato como o Brasileirão.