Fluminense x Coritiba

Gustavo Scarpa em ação pelo Fluminense (Foto: Celso Pupo/Fotoarena/Lancepress!)

LANCE!
05/07/2016
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

Existem vários fatores que levaram o Fluminense ao atual momento de oscilação na temporada. Sem dúvidas, um dos principais motivos para a sequência ruim de resultados no Campeonato Brasileiro é a queda de rendimento do meio-campista Gustavo Scarpa.

Em sua terceira temporada entre os profissionais do Fluminense, o jovem jogador acabou tendo que assumir o papel de protagonista do time de Levir Culpi, logo aos 22 anos de idade. No início do ano, dividindo a responsabilidade com o centroavante Fred e o meio-campista Diego Souza, o meia canhoto pareceu não sentir a responsabilidade, mas após a saída das outras duas referências técnicas da equipe, Scarpa vinha sobrando no Flu.

Craque da Primeira Liga, Gustavo Scarpa liderou o Fluminense na conquista do troféu inédito. Com um golaço na vitória sobre o Cruzeiro no Mineirão e outros bons jogos, o camisa 40 foi o protagonista do título. No Carioca, apesar da campanha frustrante do Tricolor, Scarpa se salvou e balançou as redes rivais três vezes.

O Campeonato Brasileiro não começou de maneira distinta, com gols contra Santa Cruz e Atlético-MG, na segunda e quinta rodada, respectivamente. Scarpa ainda serviu os companheiros com assistências nas partidas contra Sport e Grêmio. No entanto, o rendimento do camisa 40 vem caindo nos últimos confrontos.

Na última semana, Gustavo Scarpa admitiu que vem jogando com dores no pé esquerdo. O incômodo vem desde o dia 29 de maio, no clássico contra o Botafogo em Volta Redonda, vencido pelo Fluminense. Na ocasião, o meia sofreu um pisão no local, mas não quer usar as dores como desculpa para as atuações abaixo da expectativa. Por isso, só admitiu a situação recentemente e ressaltou que não está jogando no sacrifício, já que a "dor é suportável".

Líder em estatísticas

No Brasileiro, Gustavo Scarpa lidera a maioria das estatísticas do time do Flu, o que mostra que o meia está sobrecarregado na criação de jogadas. De acordo com o Footstats, nestas 13 rodadas iniciais, o camisa 40 é quem mais finaliza (11), mais dá cruzamentos certos (40) e mais assistências para gols (2).

Além disso, Scarpa também tem os melhores números se tratando de lançamentos certos (26) e as viradas de jogo (10) no time de Levir Culpi. 
Responsável por cobrar faltas e escanteios, Scarpa só não bate pênaltis.

O meia Cícero é o responsável.