Gustavo Scarpa (Foto: Mailson Santana/Fluminense)

Scarpa concedeu entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (Foto: Mailson Santana/Fluminense)

Vinícius Britto
31/03/2016
19:13
Rio de Janeiro (RJ)

Participando diretamente do gol que garantiu o último triunfo do Fluminense, Gustavo Scarpa esteve onipresente contra o Bangu. Circulando por todo o campo, quase todas as jogadas perigosas do time saíram dos pés do meia. Ele comentou sobre a liberdade que o técnico Levir Culpi dá para os seus jogadores de frente e lembrou que tudo depende das circunstâncias do jogo: 

- Durante o jogo, acabo ficando um pouco mais na esquerda, pela facilidade de levar para o fundo, para cruzar a bola pro Fred ou pro Osvaldo no segundo pau. As circunstâncias do jogo ficaram um pouco diferentes, então joguei pelo lado direito porque tenho a possibilidade de puxar para dentro e bater pro gol. Independente do lado, estou me sentindo a vontade, seja no meio ou aberto

Depois de surgir no Brasileiro do ano passado e ser um dos destaques da temporada, Scarpa volta a começar o ano em alta. Peça-chave do esquema tático tricolor, o jogador de 23 anos relatou o que tem feito recentemente para aprimorar o seu futebol: academia, melhorar perna ruim e bola aérea: 

- Eu tenho tentado aprimorar tudo que não tenho muito de bom, como a parte física. Fazer musculação também. Agora, com o Levir, tenho que acompanhar o lateral. Busco meu melhor, e acho que tenho conseguido. Minha perna direita precisa melhor um pouco, como deu para ver ontem (risos). A bola aérea defensiva e ofensiva também. Mas sigo trabalhando - revelou o camisa 40.