Bernardo Cruz
28/12/2016
07:20
Rio de Janeiro (RJ)

O ano não foi de muita alegria para a torcida do Fluminense. A queda na reta final do Brasileiro e a não ida para a Libertadores deixou um gosto amargo também para o elenco, que será, inclusive, reformulado. No entanto, teve gente com motivos para comemorar e acreditar em um 2017 melhor: o atacante Marcos Júnior.

O atacante, de 23 anos, teve sua melhor marca pelo Tricolor desde que foi alçado ao elenco profissional, em 2012. O jogador marcou nove gols em 55 jogos, superando a marca de 2015, quando estufou as redes adversárias por sete vezes.

Além disso, Marcos Júnior foi o atleta do setor de ataque do elenco tricolor que mais marcou gols na temporada. No elenco, foi superado apenas por Gustavo Scarpa e Cícero na artilharia interna.

– Não me considero o maior goleador, mas foi bom demais terminar com esses números. O nosso time contava com bons jogadores de área e consegui atingir essa marca importante. Fui premiado por ter ido em busca do gol. Trabalhei, me movimentei bastante para conseguir e deu certo – afirmou.

Um gol em especial foi responsável pelo momento de maior alegria para o Fluminense no ano: o do título da Primeira Liga, na decisão contra o Atlético-PR.
A chegada do técnico Abel Braga, responsável por sua subida ao elenco profissional, também dá indícios de crescimento:

- Com a chegada do Abel, que me subiu para o profissional, acho que posso ter ainda mais chances. Mas sei que isso dependerá muito do que fizer dentro do campo e do trabalho nos treinamentos - declarou.

Pelos números, o 2016 deixou motivos sólidos para Marcos Júnior comemorar no aspecto pessoal.

BATE-BOLA
Marcos Júnior
Atacante do Fluminense


Qual o balanço que você faz da temporada que passou?
Acho que tive um aproveitamento razoável nesta temporada. Acabei jogando mais no ano passado, mas nesse ano que está chegando ao fim fiz mais gols pelo Fluminense. Mas estou sentindo que estou evoluindo cada vez mais. Acho que aproveitei bem as oportunidades que tive ao longo das competições. Vou me esforçar ainda mais para corresponder em 2017 e dar retorno ao clube e ao torcedor tricolor.

Acredita em um 2017 de conquistas para o Fluminense?
Espero que 2017 seja um ano bem melhor que o de 2016. Teremos muita cobrança e isso é normal pelo que foi apresentado no campeonato brasileiro. Mas tenho certeza que o time irá corresponder.

Está preparado para a disputa por vaga no ataque em 2017?
Vou dar o meu máximo para ser titular e buscar os títulos, que é o mais importante para o nosso clube e o que a torcida espera de nós.