Marcos Junior (Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C.)

De colete, Marcos Junior recebe a marcação de Nogueira em treino do Flu (Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C.)

LANCE!
04/10/2016
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

Foram várias e várias rodadas buscando a melhor formação da equipe do Fluminense, e agora, já na reta final do Campeonato Brasileiro. Levir Culpi parece ter encontrado a escalação tem rendido os melhores resultados ao Tricolor das Laranjeiras. Dono da camisa 35, Marcos Junior é um dos responsáveis pelo bom momento.

Desde quando passou a ser o homem de referência no time de Levir, o Flu embalou sua melhor sequência no Brasileirão: são quatro vitórias nas últimas cinco rodadas. Veloz e acostumado a atuar pelos lados do campo, M. Junior não reclama de atuar de costas para o gol, mas admite que tem dificuldades na função.

Questionado se está gostando de ser o "camisa 9" do Flu, foi sincero:

– Estou de titular. Tenho que gostar, né? O Levir está me colocando ali e tenho que jogar, não dá para reclamar e pedir para atuar no meio-campo, na lateral... – afirmou o jogador.

Com o gol marcado no sábado, um da vitória por 3 a 1 sobre o Sport, Marcos Junior chegou aos cinco na competição e é o atacante do Flu que mais castigou os rivais no Brasileiro. Henrique Dourado, Magno Alves e Richarlison, concorrentes no ataque – e atualmente opções no banco para Levir – somam dois gols cada.

Apesar dos bons números e do momento positivo que vive com a camisa do Fluminense, clube que o revelou, Marcos Junior não se considera dono da vaga na ataque tricolor.

– Não me vejo como titular ou reserva. Temos muitos bons jogadores no elenco, quero ajudar o time, mas é claro que quero continuar jogando. Estou motivado e os gols estão saindo – declarou o atacante de 23 anos.

Além de M. Junior, Gustavo Scarpa e Wellington também são cotados como titulares absolutos de Levir atualmente. Assim, a velocidade e a troca de posição são as principais marcas deste setor ofensivo. Por coincidência ou não, os três são "Moleques de Xerém", criados nas categorias de base do Fluminense.

– Temos entrosamento muito bom, todos ali da frente. Todos vêm se dedicando bastante e está tudo dando certo – disse Marcos Junior, que ainda comentou a expectativa até o fim da temporada nacional:

– Faltam 10 jogos. São 10 finais.