LANCE!
24/10/2017
07:55
Rio de Janeiro (RJ)

A viagem para Chapecó não teve quase nada de bom: derrota, queda na tabela e fim da sequência invicta. No entanto, mesmo sem ninguém perceber, um jogador ganhou moral com Abel Braga: o meia Luquinhas. Foram poucos minutos em campo, mas o suficiente para passar a frente na lista do treinador.

- Não dá da pra perceber, até pelo resultado e atuação. Mas teve um jogador que fez o campo, em 15 minutos, o que fez nos treinamento. Esse menino Luquinhas entrou muito bem, ganhamos um jogador. Leitura tática muito boa - afirma Abelão, que lembra a primeira vez que o deu oportunidade.

- Na outra vez ele sentiu o músculo e parou. Deu uma resposta legal, achamos ele.

Na estreia pelo Tricolor, o camisa 36 entrou faltando 13 minutos para o jogo acabar e teve lesão na coxa. Parou por dois meses e jogou alguns minutos na derrota para o Londrina na Primeira Liga. Contando com o tempo jogado em Chapecó, foram 36 minutos atuando pelo Fluminense.

Luquinhas é formado em Xerém, mas nunca havia jogado pelo profissional. Na última temporada, era o camisa 10 do Samorin, filial tricolor na Europa. Foi integrado ao elenco de Abel em junho, junto de Marlon Freitas e Peu.