Bernardo Cruz
22/07/2016
12:29
Rio de Janeiro (RJ)

A equipe do Fluminense que venceu o Cruzeiro na semana passada agradou o técnico Levir Culpi. No treinamento realizado nesta sexta-feira de manhã nas Laranjeiras, o treinador realizou uma atividade que durou cerca de duas horas. Entre trabalhos táticos e coletivo, o comandante tricolor utilizou quase todos os jogadores que superaram os mineiros na última rodada do Brasileiro - a única mudança é na lateral direita, com a entrada de Wellington Silva no lugar de Jonathan (que treinou entre os reservas).

- Sigo a linha de time que ganha não se mexe. Esse é o maior problema do futebol brasileiro. Quando se tem um resultado negativo tem a necessidade frenética de mudanças. Não é fruto da razão. Gosto de manter uma base. Na minha escalação sete ou oito jogadores são mantidos entre um jogo e outro. E mesmo assim nosso time não é regular. O Barcelona que joga com regularidade. Mas é um elenco de 10 anos. Essa é a diferença. A mudança pode trazer bons resultados, mas é consequência. É preciso tranquilidade mesmo correndo risco de emprego - declarou em coletiva.

Durante a atividade, Levir começou com Cavalieri, Wellington Silva, Henrique, Gum e Willian Matheus; Douglas, Cícero e Marcos Junior; Maranhão, Samuel e Richarlison. Algumas observações foram feitas, mas esse deverá ser o time que começa o duelo neste domingo na Arena da Baixada.

Por outro lado, o torcedor do Fluminense ainda precisará esperar um pouco mais para ver os reforços trazidos recentemente. Havia uma expectativa de que o atacante Henrique Dourado pudesse ser relacionado. No entanto, Levir Culpi garantiu que ainda não será contra o Atlético-PR que ele vai jogar pela primeira vez no novo clube.

- Henrique Dourado não vai viajar, mas para o próximo jogo é quase certeza. É muito problemático colocar o jogador que está muito tempo sem atuar. Em uma semana vai estar pronto. Os outros reforços também passam por essa situação. O Alex e Danilinho estão em melhor condição, mas ainda é cedo. Em no máximo 10 dias acredito que eles podem estar à disposição - disse.

O Fluminense faz o último treinamento neste sábado nas Laranjeiras. Depois a delegação viaja para Curitiba, local onde enfrentará o Furacão, domingo, às 16h de (de Brasília).