Fluminense x Botafogo

Levir Culpi procura uma solução para melhorar o ataque do Flu (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)

LANCE!
24/09/2016
07:30
Rio de Janeiro (RJ)

O técnico Levir Culpi não esconde de ninguém sua insatisfação com o ataque do Fluminense. O Tricolor vem mostrando força defensiva, mas a parte ofensiva está deixando a desejar. O treinador cobra um melhor desempenho do setor e uma das suas grandes dificuldades tem sido encontrar uma referência na frente.

E não é por falta de tentativa. Algumas opções já foram testadas e o comandante do Flu segue procurando uma solução para o setor. Contra o Corinthians, na última quarta-feira, pela Copa do Brasil, Levir voltou a usar Marcos Junior improvisado mais à frente no ataque, assim como fez contra o Atlético-MG, pelo Brasileirão. No entanto, o jogador não conseguiu apresentar o mesmo desempenho que tem em outras funções no campo.

O Fluminense tem o problema da falta de referência desde a saída de Fred. O primeiro a ter chance na vaga após o atacante ir para o Atlético-MG foi Richarlison. Porém, o jovem não teve grandes atuações e perdeu o lugar para Magno Alves. O veterano atacante teve mais uma oportunidade recentemente, contra a Chapecoense. Mas o jogador não conseguiu se sair tão bem como quando entrou no segundo tempo contra Figueirense e Atlético-MG. Acabou sacado ainda no intervalo da partida diante da equipe catarinense.

Contratado para ser a referência após Fred deixar o Tricolor, Henrique Dourado ainda não convenceu. O centroavante até fez dois gols que resultaram em duas vitórias do Fluminense, contra América-MG e Santa Cruz. No entanto, as atuações do jogador estão abaixo do esperado.

Com isso, ele passou até a ser contestado pela torcida. No jogo contra o Grêmio, o Ceifador voltou ao time depois de amargar a reserva. Porém, ele não foi bem e acabou sendo substituído no intervalo.

Para a partida contra o Corinthians, amanhã, pelo Brasileiro, fica a dúvida sobre qual será a decisão de Levir para solucionar essa implacável busca para encontrar uma referência e acertar o seu ataque. O treino de ontem não deu pistas e a expectativa é que o treinador indique o que vai fazer na atividade
de hoje, nas Laranjeiras.