Levir Culpi na coletiva desta terça-feira

Levir Culpi durante coletiva nesta terça-feira (Foto: Vinícius Britto)

Vinícius Britto
22/03/2016
19:03
Rio de Janeiro (RJ)

Como era de se imaginar, o centro das atenções da coletiva do técnico Levir Culpi nesta terça-feira foi a saída de Diego Souza. O técnico comentou que achava o jogador um pouco desmotivado, lembrou que nunca havia trabalhado com o camisa 10 e destacou a atitude do atleta em pedir para ser negociado ao invés de continuar trabalhando infeliz nas Laranjeiras:

- Eu senti ele desmotivado, mas não sabia o que era. Também não tive a oportunidade de conversar. Mas percebi. Eu nunca havia trabalhado com ele. Foi uma decisão pessoal, mas eu achei ótima. Como se deve ser. Quando você não quer trabalhar em um lugar, é muito melhor falar e conversar.

- Achei legal, ele agiu de forma correta e profissional. É muito ruim quando um jogador não está feliz no lugar e permanece - completou o técnico.

Depois, o técnico comentou sobre as expectativas para o confronto decisivo desta quarta-feira, contra o Internacional, pela Primeira Liga.  Ele admitiu que não espera ver o melhor da sua equipe - por conta do pouco tempo de trabalho - mas valorizou o lado técnico dos seus atletas como um diferencial:

- Espero altos e baixos. Claro que espero bons momentos, porque a qualidade técnica do elenco é muito boa. Mas a qualidade do conjunto ainda não é. Nós podemos ir bem pela qualidade do jogadores, e não pela força do conjunto. Não é só o Fluminense que sofre disso, mas todos - finalizou o técnico.