Levir Culpi

Treinador admitiu que a equipe não foi bem no clássico deste domingo (Foto: Vinícius Britto)

Vinícius Britto
13/03/2016
21:37
Volta Redonda (RJ)

O empate acabou tendo o dedo do treinador. Após substituir Renato Chaves - que já tinha cartão amarelo - no começo do segundo tempo, Gum entrou e marcou o gol do empate salvador no apagar das luzes no Raulino de Oliveira. Na coletiva pós-jogo, o comandante elogiou a química entre o zagueiro e a torcida tricolor e admitiu que ele pode voltar a receber novas oportunidades:

- Tem chance, sim. É um jogador experiente. Já tínhamos tomado o gol, e precisávamos jogar com a defesa mais aberta. Achei interessante a substituição no momento. Muito legal a conduta do torcedor com o atleta (Gum). Foi uma atuação importante para ele - completou o técnico.

Sobre o jogo, Levir admitiu que não gostou da exibição do Fluminense. Ele viu o Botafogo em um estágio acima do Tricolor no entrosamento entre os atletas concordou que o time tem muito o que melhorar na sequência do ano:

- O clássico, como um todo, não foi bom. Não se teve muitos momentos emocionantes, foi um clássico sem muitas ações... e o conjunto do Botafogo está muito melhor que o nosso nesse momento. Temos muito o que melhorar. Sinceramente, não gostei do jogo e nem do resultado final.

- Não é um jogo para se esquecer. É para lembrar para que não joguemos como foi hoje novamente - finalizou o treinador do Fluminense.